Resumo Trabalho

O (DES)INTERESSE DO ALUNO PELAS AULAS DE MATEMÁTICA NA ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL CARLOS MONTEIRO DE OLIVEIRA, NO MUNICÍPIO DE PASSAGEM, PARAÍBA

Autor(es): DOUGLAS DA SILVA CUNHA

Trata-se de um trabalho exploratório, no qual se procurou determinar o grau de interesse apresentado pelos alunos de uma escola pública, de ensino fundamental, no município de Passagem, Estado da Paraíba. A aprendizagem da matemática que se realiza na escola está vinculada não só às capacidades cognitivas do aluno e ao objeto de conhecimento, mas também às interações que os sujeitos envolvidos na situação estabelecem entre si. No entanto, a Matemática passa a ser interessante, quando trabalhada e ensinada ao aluno, onde o mesmo apropria-se dela na solução de vários problemas de sua vida. Assim, é importante que o professor de Matemática tenha consciência de rever posturas autoritárias, passando a tratar o aluno como agentes ativos que interagem no processo da construção de seu próprio conhecimento. Para despertar o interesse do aluno pela matemática, o educador precisa fazer com que os educandos aprendam a executar matematicamente situações reais ou fictícias e, em seguida, levar o resultado obtido, como um problema proposto, à consideração da aula. A proposição de problemas é tão importante quanto à solução daqueles propostos pelos demais, pois, é por meio de uma ação alternada entre propor e resolver que a matemática avança, desenvolve-se e cresce.

Veja o artigo completo: PDF