Resumo Trabalho

ÁNALISE MORFOMÉTRICA DA MICROBACIA HIDROGRÁFICA DO AÇUDE DE RIACHO DA CRUZ/ RN

Autor(es): ANDRÉ SILAS DE LIMA, LOURYNNY HÉLIA DE LIMA COSTA, JOEL MEDEIROS BEZERRA

A Microbacia Hidrográfica do Açude de Riacho da Cruz (MHARC) está locada na bacia hidrográfica do rio Apodi-Mossoró, no Rio Grande do Norte, envolvendo seis municípios do Alto Oeste Potiguar, estando situada numa região semiárida do nordeste brasileiro. A MHARC tem importante papel no abastecimento das populações dos munícipios de Riacho da Cruz, Viçosa e Portalegre, como também na economia da associação de pescadores existente no município de Riacho da Cruz, pois é responsável pelo acumulo das águas para o manancial do Açude de Riacho da Cruz. Diante desta realidade, este trabalho teve como objetivo realizar o levantamento morfométrico da MHARC de forma a caracterizar o relevo, a geometria da bacia vertente, a drenagem, tal como esses fatores interferem no comportamento hidrológico da microbacia. Para delimitação da MHARC foi utilizado o QGIS 2.14 Ltr, um SIG gratuito de linguagem aberta, com auxílio do plugin GRASS, o qual possibilitou realizar análises hidrológicas e morfométricas, como também foi utilizado o Modelo Digital de Elevação (MDE) do TOPO DATA fornecido pelo Instituto de Pesquisas Espaciais (INPE). Pelas características analisadas foi possível observar que a MHARC não tem propensão a enchentes em condições normais de precipitação, devido às características topográficas encontradas ela tem propensão a um bom escoamento superficial e tem uma rede de drenagem regular endorreíca, com escoamento global dendrítico.

Veja o artigo completo: PDF