Resumo Trabalho

A DINAMICA DO EMPREGO SETORIAL DA MESORREGIÃO CENTRO-SUL CEARENSE

Autor(es): MARIA DANIELE CRUZ DOS SANTOS, MATHEUS ZANETTI PINHEIRO DE OLIVEIRA, ERICO ROBSOM DUARTE DE SOUSA

O presente trabalho buscou analisar a concentração e o comportamento do emprego setorial das cidades da mesorregião Centro-sul cearense e comparar as modificações estruturais nos anos de 1995; 2000; 2005 e 2010. Na análise da variável emprego, utilizou-se alguns indicadores regionais, como o Quociente Locacional (QL), Coeficiente de Localização (CL) e Coeficiente de Redistribuição (CR). Os setores utilizados foram extraídos da classificação por subsetor do IBGE: extração mineral, indústria de transformação, serviços industriais de utilidade pública, construção civil, comércio, serviços, administração pública e agropecuária, extração vegetal, caça e pesca. Os índices forneceram informações sobre especialização, concentração e comportamento no período. Os dados utilizados foram coletados na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) e o critério foram empregos ativos em 31/12 dos anos observados. Os resultados encontrados expõem a dependência na maioria das cidades do setor de administração pública em todos os anos estudados, com exceção da cidade de Iguatu, que mesmo possuindo alta especialização e desenvolvimento em quase todos os setores e nos anos analisados, com exceção do setor extrativo mineral nos anos de 1995 e 2010. Iguatu apresenta características de cidade polo da mesorregião Centro Sul, atraindo mão-de-obra e investimentos gerando efeitos negativos e positivos paras as cidades limítrofe.

Veja o artigo completo: PDF