Resumo Trabalho

LEITURA LITER√ĀRIA E RELA√á√ēES √ČTNICO-RACIAIS: POR UMA LITERATURA AFRO-BRASILEIRA NAS PRIMEIRAS S√ČRIES DO ENSINO FUNDAMENTAL

Autor(es): ABRAÃO VITORIANO DE SOUSA e orientado por DRA. MARIA LÚCIA PESSOA SAMPAIO

A literatura infantil afigura uma consider√°vel perspectiva para o desenvolvimento da compet√™ncia leitora na escola, em raz√£o de possibilitar ao aluno experi√™ncias culturais, est√©ticas e intelectuais, expondo os mais variados assuntos, dentre esses: contextos pertinentes √† diversidade e quest√Ķes sociais. Apesar disso, a literatura infantil e a cultura afro-brasileira ainda encontram um grande abismo em sala de aula, estando ambas em um constante processo de di√°logo e reconstru√ß√£o. √Č na dire√ß√£o de (re)pensar outras oportunidades de leitura e de interpreta√ß√£o que assevera-se este trabalho. Ressaltamos, pois, como objetivo maior desse estudo: apresentar a literatura afro-brasileira na escola, evidenciando sua relev√Ęncia para a forma√ß√£o de leitores nos anos iniciais. Assim sendo, quanto √† metodologia, realizamos uma pesquisa qualitativa, de car√°ter bibliogr√°fico, referendada em Coelho (2000); nas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educa√ß√£o das Rela√ß√Ķes √Čtnico-Raciais e para o Ensino de Hist√≥ria e Cultura Afro-brasileira e Africana (2005) e em Silveira (2012). Sob este olhar, buscamos refletir a respeito das contribui√ß√Ķes de algumas obras liter√°rias para o contexto supracitado, a saber: ¬ďChapeuzinhos Coloridos¬Ē (TORETO e PIMENTA, 2016) e ¬ďBruna e a Galinha D¬íangola¬Ē (ALMEIDA, 2009). Ponderamos que a leitura liter√°ria e as quest√Ķes √©tnico-raciais precisam estabelecer v√≠nculos mediante uma aprecia√ß√£o l√ļdica e construtiva que favore√ßa a √≥tica das diferen√ßas e a valoriza√ß√£o das identidades.

Veja o artigo completo: PDF