Resumo Trabalho

A QUEBRA DO PADRÃO DE BELEZA: A ACEITAÇÃO DA MULHER NEGRA NA SOCIEDADE

Autor(es): CRYSIA MAYARA DE OLIVEIRA

Atualmente tens observado muitas pessoas afro descendente de ambos os sexos assumindo sua beleza natural, valorizando a est√©tica negra (seus tra√ßos, textura capilar, cor de pele) que durante muitos anos foi considerado fora do padr√£o sendo motivo para opress√£o por parte de pessoas acreditarem que a √ļnica est√©tica apreci√°vel era a que remetia ao padr√£o de beleza europeu. O preconceito e a descrimina√ß√£o s√£o amplamente disseminados dentro da comunidade estudantil que ao inv√©s de discutir sobre a diversidade opta pela exclus√£o. O principal objetivo √© mostrar/expor as dificuldades que as mulheres negras encontra na sociedade ou seja: trabalhar, lidar, problematizar e discutir sobre educa√ß√£o e cultura negra no Brasil √© assumir uma postura pol√≠tica. De forma alguma as rela√ß√Ķes culturais e sociais entre negros e brancos em nosso pa√≠s podem ser pensadas como harmoniosas, democr√°ticas e dilu√≠das nas quest√Ķes socioecon√īmicas. A escola, enquanto institui√ß√£o social respons√°vel pela organiza√ß√£o, transmiss√£o e socializa√ß√£o do conhecimento e da cultura, revela-se como um dos espa√ßos em que as representa√ß√Ķes negativas sobre o negro s√£o difundidas. E por isso mesmo ela tamb√©m √© um importante local onde estas podem ser superadas. No caso espec√≠fico da educa√ß√£o escolar brasileira, entende-se que a discuss√£o sobre a cultura negra n√£o pode desconsiderar a exist√™ncia do racismo e da desigualdade entre negros e brancos em nossa sociedade. Tal considera√ß√£o nos afastar√° das pr√°ticas educativas que ainda insistem em colocar a cultura negra no lugar do ex√≥tico, e possibilitar√° a constru√ß√£o de uma postura pol√≠tica diante da quest√£o educacional brasileira.

Veja o artigo completo: PDF