Resumo Trabalho

O BALE COMO ESPAƇO MOBILIZADOR DA SUBJETIVIDADE NA FORMAƇƃO DO SUJEITO LEITOR

Autor(es): KEUTRE GLAUDIA DA CONCEIƇƃO SOARES BEZERRA

RESUMO: Este trabalho traz como foco o estudo do Programa BALE (Biblioteca Ambulante e Literatura nas Escolas) como espaƧo mobilizador da subjetividade na formaĆ§Ć£o do sujeito leitor. O objetivo Ć© identificar os sentidos subjetivos que sĆ£o mobilizados na atuaĆ§Ć£o dos participantes no que se refere Ć  constituiĆ§Ć£o leitora, tendo como base teĆ³rica o estudo da subjetividade na perspectiva histĆ³rico-cultural. No tocante a metodologia, trata-se de uma pesquisa de cunho qualitativo, com suporte nos postulados da Epistemologia Qualitativa, que considera a pesquisa como um espaƧo dialĆ³gico e o conhecimento como um processo construtivo-interpretativo. Com base no pressuposto metodolĆ³gico apresentado, a construĆ§Ć£o da informaĆ§Ć£o se deu a partir do uso de alguns instrumentos, entre os quais destacamos o questionĆ”rio aberto, o depoimento e o complemento de frases. Os resultados preliminares mostram que ao atuarem dentro do Programa BALE, os sujeitos desenvolvem sentidos subjetivos que transformam suas atitudes com relaĆ§Ć£o Ć  leitura e consequentemente despertam e/ou ampliam sua atuaĆ§Ć£o enquanto leitores. Enquanto preĆ¢mbulo de uma conclusĆ£o pode-se dizer que a subjetividade movimentada no Programa ajuda os seus integrantes a se tornarem leitores efetivos e comprometidos com a formaĆ§Ć£o leitora de si e do outro.

Veja o artigo completo: PDF