Resumo Trabalho

ANTROPOLOGIA E EDUCA√á√ÉO: A CULTURA IND√ćGENA COMO PR√ĀTICA ESCOLAR

Autor(es): JOS√Č ALBERTO DA SILVA e orientado por KARLLA CHRISTINE ARA√öJO SOUZA

O artigo tem como objetivo trazer discuss√Ķes a partir de abordagens da antropologia e educa√ß√£o, sobre as pr√°ticas escolares da educa√ß√£o ind√≠gena na comunidade Catu, localizada no Munic√≠pio de Canguaretama-RN. Nesta regi√£o, se encontra a √ļnica escola ind√≠gena do Estado do Rio Grande do Norte, que conserva suas tradi√ß√Ķes culturais presentes no espa√ßo da Escola Municipal Jo√£o Lino, e mant√©m viva sua cultura ancestral. A escola desta comunidade se mostrar como instrumento que subsidia saberes espec√≠ficos e pr√≥prios desenvolvidos em seu cotidiano. As descri√ß√Ķes realizadas atrav√©s das observa√ß√Ķes na comunidade do Catu, s√£o frutos de experi√™ncias que alicer√ßam os escritos desse artigo. Dentre algumas das observa√ß√Ķes que aqui s√£o descritas, exp√Ķem os modos de vida desse povo, concatenando a import√Ęncia de suas t√©cnicas ancestrais e suas tradi√ß√Ķes com a educa√ß√£o. Buscou-se, a partir do di√°logo entre os campos da antropologia e da educa√ß√£o, o embasamento te√≥rico deste artigo, buscando relacionar com as observa√ß√Ķes realizadas √† comunidade. √Č importante notar que a antropologia e a educa√ß√£o t√™m em comum os modos de vida, os valores, e as formas de socializa√ß√£o, buscando um ponto de vista em rela√ß√£o aos significados do outro. As discuss√Ķes aqui trabalhadas, v√£o desde o acolhimento do contexto cultural da aprendizagem at√© os espa√ßos do sistema escolar, possibilitando um melhor desenvolvimento das pr√°ticas educativas. Diante disso, o presente artigo enfatiza um estudo realizado na comunidade Catu, em que busca trazer discuss√Ķes sobre a cultura ind√≠gena como pr√°tica escolar a partir das abordagens antropol√≥gicas no √Ęmbito educativo.

Veja o artigo completo: PDF