Resumo Trabalho

PRETA - RARA: ENTRELAÇANDO AS IDEIAS SOBRE O CABELO E COM POESIA NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR.

Autor(es): ROBERTA SANTOS DE ALMEIDA

No universo do racismo, o corpo negro e todos os seus recantos, tornam-se alvo de deboche e de violência, quando não física, verbal. O cabelo, traço de ancestralidade, guarda a cultura e a luta do povo negro. Elemento atual de autoafirmação nos tempos em que o embranquecimento se fortalece e questiona a existência do racismo. O cabelo ganha protagonismo entre homens e mulheres como elemento de identificação de um grupo, inspirando também música e poesia. Logo, surge a necessidade de se falar do cabelo na formação do professor. Para tanto, destacamos a importância de trazer para sala de aula novos instrumentos que possam tornar o ensino significativo e atrativo, alcançando por fim o objetivo de renovar mentes. Foi então realizado uma pesquisa exploratória de cunho bibliográfico a fim de se desenvolver um plano para uma aula atrativa e significativa voltada para a formação de professores, marcada pela teoria da ação comunicativa de Habermas. A poesia declamada e filmada torna-se potencial meio de trabalho. Dentre elas, destacamos: entrelaçando as ideias, de Preta-rara que enaltece o cabelo negro. A declamação da artista, traz a força do povo negro e torna a sua construção artística objeto interessante para a sala de aula e assim construir novas didáticas. Podendo contribuir dialogicamente numa ação formativa para com os professores sobre como falar do cabelo negro com seus alunos. Destacando sempre a abrangências dos saberes do professor, a necessidade da formação continuada, e de uma formação reflexiva.

Veja o artigo completo: PDF