Resumo Trabalho

GELEDES: VOZES SOBRE O RACISMO NA ESCOLA.

Autor(es): ROBERTA SANTOS DE ALMEIDA

O racismo est√° presente em diferentes formas e lugares. Por sua vez, o mito da democracia racial torna-se uma forma de negar essa realidade, sem conseguir de fato esconde-la totalmente. Grupos organizados tornam-se uma forma de luta contra a realidade de submiss√£o, explora√ß√£o e nega√ß√£o do povo negro e de escancarar est√° realidade. Entre eles o Geledes, organiza√ß√£o pol√≠tica de mulheres negras brasileiras que entre suas pautas luta contra o racismo. Este grupo possui um verdadeiro portal de not√≠cias na internet. Numa reportagem em 29/03/17, o mesmo portal dedicou-se a falar que sim, existe racismo na escola brasileira. Diante dessa reportagem, surgiram 122 coment√°rios de todo o Brasil, que destacavam v√°rios relatos de racismo vividos e conhecidos de hoje e de ontem. Nos quais professores(a) negros(a) e outros(as) relatavam essa realidade na escola. Procurou-se ent√£o realizar pesquisa explorat√≥ria de cunho bibliogr√°fica, para analisar qualitativamente tais relatos dispostos publicamente, buscando ampliar vozes das v√≠timas dessa viol√™ncia e compreender a dimens√£o dessa realidade junto a forma√ß√£o do professor e consequentemente da pr√≥pria escola. Diante da import√Ęncia de se avaliar estas dicotomias abarcadas pelo sistema educacional do pais, inicialmente observou-se a dimens√£o hist√≥rica do racismo na escola. Bem como, foi poss√≠vel identificar, a nega√ß√£o do racismo e sua abrang√™ncia no universo escolar que vai do(a) professor(a) aos seus demais membros. Tais resultados levam a conclus√Ķes iniciais como a necessidade de uma escola efetivamente reflexiva que atue na forma√ß√£o de alunos conscientes, em todas esferas, a partir de uma adequada forma√ß√£o docente.

Veja o artigo completo: PDF