Resumo Trabalho

TRABALHANDO AS DOENÇAS VIRAIS POR MEIO DE CAMPANHAS EDUCATIVAS: UMA EXPERIÊNCIAS COM ALUNOS DA 3º SÉRIE DO ENSINO MÉDIO

Autor(es): JOÃO NOGUEIRA LINHARES FILHO

Um dos grandes desafios da atualidade no campo educacional, é desenvolver novas maneiras de apresentar o conhecimento aos estudantes. O ensino das ciências naturais enfrenta esse desafio, pois é uma das áreas do conhecimento que mais necessitam dessa renovação. Para tanto surge a necessidade de cada vez mais novas práticas didáticas e metodológicas surgirem para acompanhar e apresentar a ciência como ela é, uma relação indissociável entre teoria e pratica. Um dos campos das ciências naturais, a biologia, enfrenta esse desafio, pois apresenta conhecimentos que na maioria das vezes foge das visualizações reais. Na área da microbiologia esse conhecimento se faz ainda mais necessário, pois a compreensão de tal área da biologia nos permite entender várias patologias que acometem a qualidade de vida do ser humano. O presente trabalho tem por objetivo desenvolver uma nova forma de apresentar o tema microbiologia paras os alunos do Ensino Médio, por meio da elaboração de campanhas educativas sobre as doenças causadas por vírus. As atividades se desenvolveram junto a turma de 3º ano do Ensino Médio do Colégio Normal Francisca Mendes, localizado no município de Catolé do Rocha-PB. As atividades foram exultadas em três momentos: a introdução do assunto de virologia durante as aulas de biologia, posteriormente as aulas teóricas, foi proposto aos alunos que eles desenvolvessem uma campanha educativa sobre as seguintes doenças virais: Dengue, Zika, Chikungunya, AIDS e Sífilis. A introdução de novas metodologias educacionais no âmbito do ensino das ciências, em particular o da biologia, fortalece a construção de uma conhecimento que está ligado diretamente ao cotidiano das pessoas envolvidas no processo de ensino e aprendizagem, como também mostra para os alunos que eles não são meros ouvintes no processo de ensino, mais sim atores atuantes no processo de construção de seu próprio conhecimento.

Veja o artigo completo: PDF