Artigo Anais I CONIDIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-186X

Visualizações: 227
DIVERSIDADE DE ABELHAS EM ÁREAS DE CAATINGA STRICTU SENSU

Palavra-chaves: CAATINGA, CONSERVAÇÃO, APIFAUNA Pôster (PO) GT 02 - Riquezas naturais no semiárido: degradação e uso sustentável Publicado em 10 de novembro de 2016

Resumo

A Caatinga é o domínio Morfoclimático estritamente brasileiro e o mais negligenciado quanto a conservação da sua biodiversidade . Possui uma grande diversidade de abelhas, e só nos últimos 40 anos, foram realizados mais de 80 inventários sobre a apifauna, evidenciando a importância de sua conservação, pela sua grande atuação na polinização das plantas nativas e de culturas agrícolas. O presente trabalho foi realizado em fragmentos remanescentes da Caatinga strictu sensu em cinco municípios dos estados de Pernambuco e da Paraíba, com o objetivo de conhecer a diversidade e composição de abelhas nessas áreas, para criar um comparativo com trabalhos já realizados, e constatar se houve diminuição no número de espécies amostradas nessas áreaS. Foram realizadas coletas mensais, entre os períodos de maio a agosto de 2016, através do método de busca ativa em plantas floridas ao longo da área analisada, resultando em um total de 300 indivíduos, em 30 espécies e 15 gêneros, com um maior número de espécies pertencentes ao gênero Centris, que após serem devidamente identificados, foram depositados na Coleção Entomológica do Centro de Manejo e Fauna da Caatinga (CEMAFAUNA), Campus da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF). Levantamentos faunísticos são de grande importância para conhecer e acompanhar o nível de degradação de uma área e assim auxiliar na elaboração de programas eficazes de manejo e conservação.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.