Artigo Anais III SINPROVS

ANAIS de Evento

ISSN: 978-85-7946-272-6

AJUSTE DOS MODELOS EXPOLINEAR E LOGISTICO NO CRESCIMENTO INICIAL DA JUREMA DURANTE UM PERÍODO CHUVOSO NO SEMIÁRIDO

Palavra-chaves: BIOMASSA ESTIMADA, ESTRESSE HÍDRICO, PIPTADENIA STIPULACEA Pôster (PO) AT 04. Impactos dos fatores bióticos e abióticos na Produção Vegetal
"2018-05-07 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 40277
    "edicao_id" => 86
    "trabalho_id" => 248
    "inscrito_id" => 287
    "titulo" => "AJUSTE DOS MODELOS EXPOLINEAR E LOGISTICO NO CRESCIMENTO INICIAL DA JUREMA DURANTE UM PERÍODO CHUVOSO NO SEMIÁRIDO"
    "resumo" => "O excesso de água disponível para as plantas pode prejudicar processos biológicos gerais, como o crescimento. Esse fenômeno pode ser analisado por meio de equações matemáticas, as quais permitem uma simulação da dinâmica desse processo. Assim, o objetivo desse trabalho foi ajustar os modelos expolinear e logístico à biomassa seca da Jurema-Branca (Piptadenia stipulacea (Benth) Ducke) no Semiárido durante um período chuvoso. O experimento foi realizado entre março e julho de 2017 no município de Serra Talhada, PE onde 18 sementes de Jurema foram semeadas em recipientes de polipropileno e após 30 dias foram transplantadas para vasos. O delineamento do experimento foi inteiramente casualizado com 3 repetições. Por amostragem, 3 plântulas eram escolhidas ao acaso para determinação da biomassa seca. Dados relativos à precipitação pluviométrica eram monitorados por uma estação automática próxima a área experimental. Os parâmetros dos modelos foram ajustados aos dados de biomassa seca em função dos Graus-dia acumulados (GDA) a partir do teste de t-Student a 5%, com auxílio do software SigmaPlot v.10.0. Para validação, foram utilizados os índices estatísticos. Os coeficientes dos modelos foram significativos (p0,85). Com isso, os modelos expolinear e logístico podem ser usados para simular o crescimento da Jurema em condições de chuvas frequentes no Semiárido."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 04. Impactos dos fatores bióticos e abióticos na Produção Vegetal"
    "palavra_chave" => "BIOMASSA ESTIMADA, ESTRESSE HÍDRICO, PIPTADENIA STIPULACEA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV105_MD4_SA4_ID287_20042018194404.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:24"
    "updated_at" => "2020-06-10 12:58:04"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JOÃO PAULO ALVES DE BARROS"
    "autor_nome_curto" => "JOÃO PAULO"
    "autor_email" => "paulo_biohimet@hotmail.co"
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iii-sinprovs"
    "edicao_nome" => "Anais III SINPROVS"
    "edicao_evento" => "III Simpósio Nacional de Estudos para a Produção Vegetal no Semiárido"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/sinprovs/2018"
    "edicao_logo" => "5e4d837f4ee5d_19022020155039.png"
    "edicao_capa" => "5f1880cbf32a5_22072020150915.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-05-07 00:00:00"
    "publicacao_id" => 54
    "publicacao_nome" => "Revista SINPROVS"
    "publicacao_codigo" => "978-85-7946-272-6"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 40277
    "edicao_id" => 86
    "trabalho_id" => 248
    "inscrito_id" => 287
    "titulo" => "AJUSTE DOS MODELOS EXPOLINEAR E LOGISTICO NO CRESCIMENTO INICIAL DA JUREMA DURANTE UM PERÍODO CHUVOSO NO SEMIÁRIDO"
    "resumo" => "O excesso de água disponível para as plantas pode prejudicar processos biológicos gerais, como o crescimento. Esse fenômeno pode ser analisado por meio de equações matemáticas, as quais permitem uma simulação da dinâmica desse processo. Assim, o objetivo desse trabalho foi ajustar os modelos expolinear e logístico à biomassa seca da Jurema-Branca (Piptadenia stipulacea (Benth) Ducke) no Semiárido durante um período chuvoso. O experimento foi realizado entre março e julho de 2017 no município de Serra Talhada, PE onde 18 sementes de Jurema foram semeadas em recipientes de polipropileno e após 30 dias foram transplantadas para vasos. O delineamento do experimento foi inteiramente casualizado com 3 repetições. Por amostragem, 3 plântulas eram escolhidas ao acaso para determinação da biomassa seca. Dados relativos à precipitação pluviométrica eram monitorados por uma estação automática próxima a área experimental. Os parâmetros dos modelos foram ajustados aos dados de biomassa seca em função dos Graus-dia acumulados (GDA) a partir do teste de t-Student a 5%, com auxílio do software SigmaPlot v.10.0. Para validação, foram utilizados os índices estatísticos. Os coeficientes dos modelos foram significativos (p0,85). Com isso, os modelos expolinear e logístico podem ser usados para simular o crescimento da Jurema em condições de chuvas frequentes no Semiárido."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 04. Impactos dos fatores bióticos e abióticos na Produção Vegetal"
    "palavra_chave" => "BIOMASSA ESTIMADA, ESTRESSE HÍDRICO, PIPTADENIA STIPULACEA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV105_MD4_SA4_ID287_20042018194404.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:24"
    "updated_at" => "2020-06-10 12:58:04"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JOÃO PAULO ALVES DE BARROS"
    "autor_nome_curto" => "JOÃO PAULO"
    "autor_email" => "paulo_biohimet@hotmail.co"
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iii-sinprovs"
    "edicao_nome" => "Anais III SINPROVS"
    "edicao_evento" => "III Simpósio Nacional de Estudos para a Produção Vegetal no Semiárido"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/sinprovs/2018"
    "edicao_logo" => "5e4d837f4ee5d_19022020155039.png"
    "edicao_capa" => "5f1880cbf32a5_22072020150915.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-05-07 00:00:00"
    "publicacao_id" => 54
    "publicacao_nome" => "Revista SINPROVS"
    "publicacao_codigo" => "978-85-7946-272-6"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 07 de maio de 2018

Resumo

O excesso de água disponível para as plantas pode prejudicar processos biológicos gerais, como o crescimento. Esse fenômeno pode ser analisado por meio de equações matemáticas, as quais permitem uma simulação da dinâmica desse processo. Assim, o objetivo desse trabalho foi ajustar os modelos expolinear e logístico à biomassa seca da Jurema-Branca (Piptadenia stipulacea (Benth) Ducke) no Semiárido durante um período chuvoso. O experimento foi realizado entre março e julho de 2017 no município de Serra Talhada, PE onde 18 sementes de Jurema foram semeadas em recipientes de polipropileno e após 30 dias foram transplantadas para vasos. O delineamento do experimento foi inteiramente casualizado com 3 repetições. Por amostragem, 3 plântulas eram escolhidas ao acaso para determinação da biomassa seca. Dados relativos à precipitação pluviométrica eram monitorados por uma estação automática próxima a área experimental. Os parâmetros dos modelos foram ajustados aos dados de biomassa seca em função dos Graus-dia acumulados (GDA) a partir do teste de t-Student a 5%, com auxílio do software SigmaPlot v.10.0. Para validação, foram utilizados os índices estatísticos. Os coeficientes dos modelos foram significativos (p0,85). Com isso, os modelos expolinear e logístico podem ser usados para simular o crescimento da Jurema em condições de chuvas frequentes no Semiárido.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.