Artigo Anais III SINPROVS

ANAIS de Evento

ISSN: 978-85-7946-272-6

DENSIDADE DO SOLO E RESISTÊNCIA A PENETRAÇÃO DE RAÍZES DE UM CAMBISSOLO SOB DIFERENTES SISTEMAS DE MANEJO

Palavra-chaves: QUALIDADE FÍSICA, ESTRUTURA, AGROECOSSITEMAS Pôster (PO) AT 01. Manejo de água e solo
"2018-05-07 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 40369
    "edicao_id" => 86
    "trabalho_id" => 107
    "inscrito_id" => 45
    "titulo" => "DENSIDADE DO SOLO E RESISTÊNCIA A PENETRAÇÃO DE RAÍZES DE UM CAMBISSOLO SOB DIFERENTES SISTEMAS DE MANEJO"
    "resumo" => "A ação antrópica, por meio dos diferentes sistemas de manejo do solo modificam seus atributos físicos estruturais, gerando degradação. Assim, o objetivo do presente trabalho foi avaliar o impacto dos diferentes sistemas de manejo do solo sobre osa tributos físicos densidade do solo (Ds) e resistência a penetração de raízes, (RP) em três sistemas de manejo em áreas sob Cambissolo Háplico no Assentamento Terra de Esperança, Chapada do Apodi-Rn. Foram selecionadas para o referido  estudo áreas sob diferentes usos agrícolas: 01 – Área de Mata Nativa (AMN); 02 –Área com preparo convencional do solo em Cultivos Consorciados (APC), e 03 – Área Agroecológica (AAG). Foram realizadas as análises de Ds e RP, além da granulometria e densidade de partículas (Dp). Para análise de Ds foram coletadas dez amostras indeformadas, nas camadas de solo de 0-10 e 10- 20 e a RP foi determinada nas condições de campo, sendo realizadas trinta leituras em cada camada (0 - 10 e 10 - 20 cm), com resultados expressos em Mpa. A granulometria foi feita pelo método da pipeta, obtendo-se as frações silte, areia e argila, e a Dp pelo método do balão volumétrico. Os sistemas de manejo do solo influenciam de forma marcante os atributos Ds e RP nos três sistemas em estudo, sendo a Ds e a RP apresentando os maiores valores em APC e AMN, seguidos do manejo AAG, com os menores valores, que não compromete os atributos Ds e Rp, devido às práticas de manejo mais equilibradas na área agroecológica."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 01. Manejo de água e solo"
    "palavra_chave" => "QUALIDADE FÍSICA, ESTRUTURA, AGROECOSSITEMAS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV105_MD4_SA1_ID45_05042018192341.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:25"
    "updated_at" => "2020-06-10 12:58:04"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "FRANCISCO WELLINGTON ANDRADE DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "FRANCISCO"
    "autor_email" => "fwellingtonas@gmail.com"
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iii-sinprovs"
    "edicao_nome" => "Anais III SINPROVS"
    "edicao_evento" => "III Simpósio Nacional de Estudos para a Produção Vegetal no Semiárido"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/sinprovs/2018"
    "edicao_logo" => "5e4d837f4ee5d_19022020155039.png"
    "edicao_capa" => "5f1880cbf32a5_22072020150915.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-05-07 00:00:00"
    "publicacao_id" => 54
    "publicacao_nome" => "Revista SINPROVS"
    "publicacao_codigo" => "978-85-7946-272-6"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 40369
    "edicao_id" => 86
    "trabalho_id" => 107
    "inscrito_id" => 45
    "titulo" => "DENSIDADE DO SOLO E RESISTÊNCIA A PENETRAÇÃO DE RAÍZES DE UM CAMBISSOLO SOB DIFERENTES SISTEMAS DE MANEJO"
    "resumo" => "A ação antrópica, por meio dos diferentes sistemas de manejo do solo modificam seus atributos físicos estruturais, gerando degradação. Assim, o objetivo do presente trabalho foi avaliar o impacto dos diferentes sistemas de manejo do solo sobre osa tributos físicos densidade do solo (Ds) e resistência a penetração de raízes, (RP) em três sistemas de manejo em áreas sob Cambissolo Háplico no Assentamento Terra de Esperança, Chapada do Apodi-Rn. Foram selecionadas para o referido  estudo áreas sob diferentes usos agrícolas: 01 – Área de Mata Nativa (AMN); 02 –Área com preparo convencional do solo em Cultivos Consorciados (APC), e 03 – Área Agroecológica (AAG). Foram realizadas as análises de Ds e RP, além da granulometria e densidade de partículas (Dp). Para análise de Ds foram coletadas dez amostras indeformadas, nas camadas de solo de 0-10 e 10- 20 e a RP foi determinada nas condições de campo, sendo realizadas trinta leituras em cada camada (0 - 10 e 10 - 20 cm), com resultados expressos em Mpa. A granulometria foi feita pelo método da pipeta, obtendo-se as frações silte, areia e argila, e a Dp pelo método do balão volumétrico. Os sistemas de manejo do solo influenciam de forma marcante os atributos Ds e RP nos três sistemas em estudo, sendo a Ds e a RP apresentando os maiores valores em APC e AMN, seguidos do manejo AAG, com os menores valores, que não compromete os atributos Ds e Rp, devido às práticas de manejo mais equilibradas na área agroecológica."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 01. Manejo de água e solo"
    "palavra_chave" => "QUALIDADE FÍSICA, ESTRUTURA, AGROECOSSITEMAS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV105_MD4_SA1_ID45_05042018192341.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:25"
    "updated_at" => "2020-06-10 12:58:04"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "FRANCISCO WELLINGTON ANDRADE DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "FRANCISCO"
    "autor_email" => "fwellingtonas@gmail.com"
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iii-sinprovs"
    "edicao_nome" => "Anais III SINPROVS"
    "edicao_evento" => "III Simpósio Nacional de Estudos para a Produção Vegetal no Semiárido"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/sinprovs/2018"
    "edicao_logo" => "5e4d837f4ee5d_19022020155039.png"
    "edicao_capa" => "5f1880cbf32a5_22072020150915.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-05-07 00:00:00"
    "publicacao_id" => 54
    "publicacao_nome" => "Revista SINPROVS"
    "publicacao_codigo" => "978-85-7946-272-6"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 07 de maio de 2018

Resumo

A ação antrópica, por meio dos diferentes sistemas de manejo do solo modificam seus atributos físicos estruturais, gerando degradação. Assim, o objetivo do presente trabalho foi avaliar o impacto dos diferentes sistemas de manejo do solo sobre osa tributos físicos densidade do solo (Ds) e resistência a penetração de raízes, (RP) em três sistemas de manejo em áreas sob Cambissolo Háplico no Assentamento Terra de Esperança, Chapada do Apodi-Rn. Foram selecionadas para o referido estudo áreas sob diferentes usos agrícolas: 01 – Área de Mata Nativa (AMN); 02 –Área com preparo convencional do solo em Cultivos Consorciados (APC), e 03 – Área Agroecológica (AAG). Foram realizadas as análises de Ds e RP, além da granulometria e densidade de partículas (Dp). Para análise de Ds foram coletadas dez amostras indeformadas, nas camadas de solo de 0-10 e 10- 20 e a RP foi determinada nas condições de campo, sendo realizadas trinta leituras em cada camada (0 - 10 e 10 - 20 cm), com resultados expressos em Mpa. A granulometria foi feita pelo método da pipeta, obtendo-se as frações silte, areia e argila, e a Dp pelo método do balão volumétrico. Os sistemas de manejo do solo influenciam de forma marcante os atributos Ds e RP nos três sistemas em estudo, sendo a Ds e a RP apresentando os maiores valores em APC e AMN, seguidos do manejo AAG, com os menores valores, que não compromete os atributos Ds e Rp, devido às práticas de manejo mais equilibradas na área agroecológica.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.