Artigo Anais III CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

SEXUALIDADE NA TERCEIRA IDADE: PRECONCEITOS E DESAFIOS

Palavra-chaves: SEXUALIDADE, PRECONCEITOS, ENVELHECIMENTO Pôster (PO) Atenção integral à saúde: promoção, prevenção, tratamento e reabilitação do idoso
"2013-06-15 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 3086
    "edicao_id" => 10
    "trabalho_id" => 1759
    "inscrito_id" => 2074
    "titulo" => "SEXUALIDADE NA TERCEIRA IDADE: PRECONCEITOS E DESAFIOS"
    "resumo" => "SEXUALIDADE NA TERCEIRA IDADE: PRECONCEITOS E DESAFIOSAutores: VIDAL, M.J.T. PEREIRA, A.G.F. SILVA, A.O.INTRODUÇÃO: A sexualidade Influencia pensamentos, sentimentos, ações e interações, e, por isso, influencia também a nossa saúde. A OMS define sexualidade como energia que nos motiva a procurar amor, contato, ternura e intimidade.O envelhecimento acarreta mudanças físicas e biológicas em todos os seres vivos e os órgãos sexuais também envelhecem, sendo que não param de funcionar. Porém a sociedade em que vivemos é regida de preconceitos em relação ao sexo na idade adulta e até entre os próprios idosos há muitos estereótipos e preconceito em relação à sexualidade sendo eles voltados a disfunção, insatisfação, falta de atração e ausência de estimulo sexual, além da falta de informação que resulta em atitudes pessimistas.As pessoas idosas sofrem com as consequências do envelhecimento biológico,tendo que conviver com as perdas típicas dessa fase e também com o comportamento preconceituoso da sociedade acerca dos relacionamentos afetivo-amoroso e sexual.OBJETIVOS: O presente trabalho tem como finalidade desmistificar a imagem e os estereótipos que a terceira idade tem acerca da sexualidade.METODOLOGIA: Trata-se de uma revisão bibliográfica acerca do assunto em artigos científicos, livros e periódicos nacionais RESULTADOS:Dados de estudos revelam que as pessoas acima de 50 anos de idade têm uma vida sexualmente ativa,73,1% fez sexo no último ano e apenas 22,3% usaram preservativo na última relação. Ao contrário da população de 15 a 24 anos, onde 57,3% usaram na última relação.  O que demonstra um grande índice de doenças sexualmente transmissíveis tendo a maior probabilidade de serem vitimas de estelionato.CONCLUSÃO: A sexualidade precisa ser mais discutida com os idosos para que os preconceitos existentes sejam deixados de lado e que conheçam a verdade sobre a prática sexual, para que seja feita de uma forma segura e prazerosa.Portanto, a sexualidade na terceira idade é importante para que as pessoas desfrutem de uma melhor qualidade de vida, pois mesmo com a idade avançada são capazes de sentir prazer e ter uma vida produtiva, que é direito de todos.Palavras-Chave: envelhecimento; sexualidade; afetividade,preconceitos."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "Atenção integral à saúde: promoção, prevenção, tratamento e reabilitação do idoso"
    "palavra_chave" => "SEXUALIDADE, PRECONCEITOS, ENVELHECIMENTO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Poster_idinscrito_2074_436498cbec629b3e7bc6beedfa3c5446.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:49"
    "updated_at" => "2020-06-10 21:01:07"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MIRLA JULIANA TARGINO  VIDAL"
    "autor_nome_curto" => "MIRLA"
    "autor_email" => "mirlajuliana-psi@hotmail."
    "autor_ies" => "FACULDADES INTEGRADAS DE PATOS"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iii-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais III CIEH"
    "edicao_evento" => "III Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2013
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2013"
    "edicao_logo" => "5e49e22597c9e_16022020214525.png"
    "edicao_capa" => "5f182b75a1cfe_22072020090509.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2013-06-15 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 3086
    "edicao_id" => 10
    "trabalho_id" => 1759
    "inscrito_id" => 2074
    "titulo" => "SEXUALIDADE NA TERCEIRA IDADE: PRECONCEITOS E DESAFIOS"
    "resumo" => "SEXUALIDADE NA TERCEIRA IDADE: PRECONCEITOS E DESAFIOSAutores: VIDAL, M.J.T. PEREIRA, A.G.F. SILVA, A.O.INTRODUÇÃO: A sexualidade Influencia pensamentos, sentimentos, ações e interações, e, por isso, influencia também a nossa saúde. A OMS define sexualidade como energia que nos motiva a procurar amor, contato, ternura e intimidade.O envelhecimento acarreta mudanças físicas e biológicas em todos os seres vivos e os órgãos sexuais também envelhecem, sendo que não param de funcionar. Porém a sociedade em que vivemos é regida de preconceitos em relação ao sexo na idade adulta e até entre os próprios idosos há muitos estereótipos e preconceito em relação à sexualidade sendo eles voltados a disfunção, insatisfação, falta de atração e ausência de estimulo sexual, além da falta de informação que resulta em atitudes pessimistas.As pessoas idosas sofrem com as consequências do envelhecimento biológico,tendo que conviver com as perdas típicas dessa fase e também com o comportamento preconceituoso da sociedade acerca dos relacionamentos afetivo-amoroso e sexual.OBJETIVOS: O presente trabalho tem como finalidade desmistificar a imagem e os estereótipos que a terceira idade tem acerca da sexualidade.METODOLOGIA: Trata-se de uma revisão bibliográfica acerca do assunto em artigos científicos, livros e periódicos nacionais RESULTADOS:Dados de estudos revelam que as pessoas acima de 50 anos de idade têm uma vida sexualmente ativa,73,1% fez sexo no último ano e apenas 22,3% usaram preservativo na última relação. Ao contrário da população de 15 a 24 anos, onde 57,3% usaram na última relação.  O que demonstra um grande índice de doenças sexualmente transmissíveis tendo a maior probabilidade de serem vitimas de estelionato.CONCLUSÃO: A sexualidade precisa ser mais discutida com os idosos para que os preconceitos existentes sejam deixados de lado e que conheçam a verdade sobre a prática sexual, para que seja feita de uma forma segura e prazerosa.Portanto, a sexualidade na terceira idade é importante para que as pessoas desfrutem de uma melhor qualidade de vida, pois mesmo com a idade avançada são capazes de sentir prazer e ter uma vida produtiva, que é direito de todos.Palavras-Chave: envelhecimento; sexualidade; afetividade,preconceitos."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "Atenção integral à saúde: promoção, prevenção, tratamento e reabilitação do idoso"
    "palavra_chave" => "SEXUALIDADE, PRECONCEITOS, ENVELHECIMENTO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Poster_idinscrito_2074_436498cbec629b3e7bc6beedfa3c5446.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:49"
    "updated_at" => "2020-06-10 21:01:07"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MIRLA JULIANA TARGINO  VIDAL"
    "autor_nome_curto" => "MIRLA"
    "autor_email" => "mirlajuliana-psi@hotmail."
    "autor_ies" => "FACULDADES INTEGRADAS DE PATOS"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iii-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais III CIEH"
    "edicao_evento" => "III Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2013
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2013"
    "edicao_logo" => "5e49e22597c9e_16022020214525.png"
    "edicao_capa" => "5f182b75a1cfe_22072020090509.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2013-06-15 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 15 de junho de 2013

Resumo

SEXUALIDADE NA TERCEIRA IDADE: PRECONCEITOS E DESAFIOSAutores: VIDAL, M.J.T. PEREIRA, A.G.F. SILVA, A.O.INTRODUÇÃO: A sexualidade Influencia pensamentos, sentimentos, ações e interações, e, por isso, influencia também a nossa saúde. A OMS define sexualidade como energia que nos motiva a procurar amor, contato, ternura e intimidade.O envelhecimento acarreta mudanças físicas e biológicas em todos os seres vivos e os órgãos sexuais também envelhecem, sendo que não param de funcionar. Porém a sociedade em que vivemos é regida de preconceitos em relação ao sexo na idade adulta e até entre os próprios idosos há muitos estereótipos e preconceito em relação à sexualidade sendo eles voltados a disfunção, insatisfação, falta de atração e ausência de estimulo sexual, além da falta de informação que resulta em atitudes pessimistas.As pessoas idosas sofrem com as consequências do envelhecimento biológico,tendo que conviver com as perdas típicas dessa fase e também com o comportamento preconceituoso da sociedade acerca dos relacionamentos afetivo-amoroso e sexual.OBJETIVOS: O presente trabalho tem como finalidade desmistificar a imagem e os estereótipos que a terceira idade tem acerca da sexualidade.METODOLOGIA: Trata-se de uma revisão bibliográfica acerca do assunto em artigos científicos, livros e periódicos nacionais RESULTADOS:Dados de estudos revelam que as pessoas acima de 50 anos de idade têm uma vida sexualmente ativa,73,1% fez sexo no último ano e apenas 22,3% usaram preservativo na última relação. Ao contrário da população de 15 a 24 anos, onde 57,3% usaram na última relação. O que demonstra um grande índice de doenças sexualmente transmissíveis tendo a maior probabilidade de serem vitimas de estelionato.CONCLUSÃO: A sexualidade precisa ser mais discutida com os idosos para que os preconceitos existentes sejam deixados de lado e que conheçam a verdade sobre a prática sexual, para que seja feita de uma forma segura e prazerosa.Portanto, a sexualidade na terceira idade é importante para que as pessoas desfrutem de uma melhor qualidade de vida, pois mesmo com a idade avançada são capazes de sentir prazer e ter uma vida produtiva, que é direito de todos.Palavras-Chave: envelhecimento; sexualidade; afetividade,preconceitos.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.