Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 170
DESENVOLVENDO HABILIDADES COGNITIVAS, DO TIPO CÁLCULO MENTAL, COMO ESTRATÉGIA DE ENSINO APRENDIZAGEM NO PROGRAMA NOVO MAIS EDUCAÇÃO.

Palavra-chaves: CÁLCULO MENTAL., ESTRATÉGIAS., NOVO MAIS EDUCAÇÃO. Comunicação Oral (CO) GT 13 - Educação Matemática

Resumo

Este trabalho tem como objetivo principal descrever a aplicação do conteúdo cálculo mental, vivenciada com os alunos do Novo Mais Educação de uma escola pública, numa cidade intitulada Jacaraú-PB, a qual versa desenvolver habilidades cognitivas do tipo cálculo mental ou “calculo de cabeça”, de forma descontraída, utilizando-se de uma gincana. Assim sendo, foram aplicadas as seguintes atividades: desafios matemáticos, caixa das operações, operações estouradas e o jogo cubra doze. Dessa forma, o vencedor da gincana seria a equipe que desenvolver de forma ágil e correta as atividades aplicadas, conquistando, consequentemente, a maior pontuação. A metodologia utilizada nesse trabalho investigativo caracteriza-se por uma pesquisa exploratória, tendo como meio de obtenção de resultados um questionário de seis perguntas, cujas questões foram produtos da gincana supracitada. Totalizando trinta alunos participantes e inclusos no programa Novo Mais Educação, das séries oitavo e nono ano, sendo este o tamanho da amostra. Ainda, durante aplicação da gincana foi notório o envolvimento e entusiasmo dos mesmos, que se mostraram interessados em desenvolver estratégias do tipo cálculo mental e, tornar-se a equipe vencedora. Os resultados esperados foram devidamente alcançados, pois observou-se que, no momento das atividades, os alunos buscavam estratégias para resolver as problemáticas apresentada em cada questão, e, sendo reafirmada a partir dos relatos dos alunos ao questionário. Os quais reconhecem no cálculo mental uma estratégia necessária para sua carreira estudantil e cotidiana, haja vista que as pessoas que desenvolve a habilidade de calcular mentalmente, geralmente demonstram terem mais desenvoltura e facilidade em resolver situações-problemas de forma mais autônomas e com uma capacidade mais ampla de escolher caminhos para obter a solução do problema.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.