Artigo Anais CONGREPICS

ANAIS de Evento

ISSN: 2594-8334

EFETIVIDADE DO USO DO CHÁ DA HORTELÃ-DA-FOLHA-GROSSA NO TRATAMENTO DA GRIPE: PROTOCOLO PARA UM ENSAIO CLÍNICO RANDOMIZADO

Palavra-chaves: PLANTAS MEDICINAIS, INFLUENZA, ENSAIO CLÍNICO Pôster (PO) - Resumo Expandido ET-04: Pesquisa e produção do conhecimento em PICS
"2017-12-18 23:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 31823
    "edicao_id" => 72
    "trabalho_id" => 288
    "inscrito_id" => 1606
    "titulo" => "EFETIVIDADE DO USO DO CHÁ DA HORTELÃ-DA-FOLHA-GROSSA NO TRATAMENTO DA GRIPE: PROTOCOLO PARA UM ENSAIO CLÍNICO RANDOMIZADO"
    "resumo" => """
      A Hortelã-da-folha-grossa, de nome científico Plectranthus amboinicus (Lour.) Spreng, da\r\n
      família Lamiaceae, é uma planta muito utilizada na cultura popular brasileira, e em outros países, para resfriado, asma, constipação, cefaléia, tosse, febre, entre outros sintomas. O objetivo deste artigo é construir um protocolo clínico para a investigação dos efeitos da Hortelã-da-folha-grossa no combate a sintomas na Síndrome Gripal e Infecção de Vias Aéreas Superiores (IVAS), a partir de uma revisão sistemática de literatura.\r\n
      A estruturação de um protocolo para a avaliação da efetividade da hortelã-da-folha-grossa\r\n
      no combate à síndrome gripal e IVAS partiu de duas estratégias: a primeira, a realização de uma revisão sistemática sobre o tema; a segunda estratégia foi construir o protocolo a partir dos dados encontrados na literatura e das análises estatísticas necessárias para a execução da pesquisa.\r\n
      Realizou-se assim uma revisão sistemática no PubMed, Bireme e na Scielo. Foram utilizados os termos ("Plants, Medicinal"[Mesh] OR "Phytotherapy"[Mesh]) AND (“Influenza, Human"[Mesh] OR “Upper respiratory tract infection” [Mesh]) e os correspondentes em português.\r\n
      Encontrou-se 6 artigos que abordaram o uso de plantas medicinais ou fitoterápicos no controle de IVAS.|\r\n
      A proposta de protocolo prevê que todos os pacientes participantes deverão ter síndrome gripal/ IVAS a menos de 36 horas, e terão o tratamento padrão sintomáticos ofertado, como analgésicos/antipiréticos ou descongestionantes, e o grupo randomizado para uso da hortelã terá associado ao tratamento padrão o uso do chá de Hortelã-da-folha-grossa. Todos os pacientes serão acompanhados por 21 dias, e serão registrados através de um instrumento a quantidade de medicamentos utilizados e a presença e intensidade dos seguintes sintomas: tosse, dor de garganta, cefaleia, fadiga, mialgia, secreção, febre medida, obstrução nasal e coriza. Para a mensuração dos sintomas será utilizada uma escala Likert de 5 pontos.\r\n
      O protocolo para o Ensaio Clínico da avaliação da efetividade da Plectranthus amboinicus\r\n
      no combate a sintomas da Síndrome Gripal e IVAS é um primeiro passo importante para a construção da pesquisa. Como se propõe trabalhar com o uso popular já é possível ir para a operacionalização do Ensaio Clínico com a randomização dos grupos operacionalização da pesquisa. Um dos motivos de encontrarmos poucos artigos com o uso popular é porque não apresenta interesse comercial e ainda carece de financiamento público.
      """
    "modalidade" => "Pôster (PO) - Resumo Expandido"
    "area_tematica" => "ET-04: Pesquisa e produção do conhecimento em PICS"
    "palavra_chave" => "PLANTAS MEDICINAIS, INFLUENZA, ENSAIO CLÍNICO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV076_MD4_SA4_ID1606_28082017233635.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:17"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:44:56"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "RICARDO DE SOUSA SOARES"
    "autor_nome_curto" => "RICARDO"
    "autor_email" => "ricardosousasoares@gmail."
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA (UFPB)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-congrepics"
    "edicao_nome" => "Anais CONGREPICS"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/congrepics/2017"
    "edicao_logo" => "5e49f2acd8848_16022020225556.png"
    "edicao_capa" => "5f184a0a424c1_22072020111538.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-18 23:00:00"
    "publicacao_id" => 46
    "publicacao_nome" => "Anais CONGREPICS"
    "publicacao_codigo" => "2594-8334"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 31823
    "edicao_id" => 72
    "trabalho_id" => 288
    "inscrito_id" => 1606
    "titulo" => "EFETIVIDADE DO USO DO CHÁ DA HORTELÃ-DA-FOLHA-GROSSA NO TRATAMENTO DA GRIPE: PROTOCOLO PARA UM ENSAIO CLÍNICO RANDOMIZADO"
    "resumo" => """
      A Hortelã-da-folha-grossa, de nome científico Plectranthus amboinicus (Lour.) Spreng, da\r\n
      família Lamiaceae, é uma planta muito utilizada na cultura popular brasileira, e em outros países, para resfriado, asma, constipação, cefaléia, tosse, febre, entre outros sintomas. O objetivo deste artigo é construir um protocolo clínico para a investigação dos efeitos da Hortelã-da-folha-grossa no combate a sintomas na Síndrome Gripal e Infecção de Vias Aéreas Superiores (IVAS), a partir de uma revisão sistemática de literatura.\r\n
      A estruturação de um protocolo para a avaliação da efetividade da hortelã-da-folha-grossa\r\n
      no combate à síndrome gripal e IVAS partiu de duas estratégias: a primeira, a realização de uma revisão sistemática sobre o tema; a segunda estratégia foi construir o protocolo a partir dos dados encontrados na literatura e das análises estatísticas necessárias para a execução da pesquisa.\r\n
      Realizou-se assim uma revisão sistemática no PubMed, Bireme e na Scielo. Foram utilizados os termos ("Plants, Medicinal"[Mesh] OR "Phytotherapy"[Mesh]) AND (“Influenza, Human"[Mesh] OR “Upper respiratory tract infection” [Mesh]) e os correspondentes em português.\r\n
      Encontrou-se 6 artigos que abordaram o uso de plantas medicinais ou fitoterápicos no controle de IVAS.|\r\n
      A proposta de protocolo prevê que todos os pacientes participantes deverão ter síndrome gripal/ IVAS a menos de 36 horas, e terão o tratamento padrão sintomáticos ofertado, como analgésicos/antipiréticos ou descongestionantes, e o grupo randomizado para uso da hortelã terá associado ao tratamento padrão o uso do chá de Hortelã-da-folha-grossa. Todos os pacientes serão acompanhados por 21 dias, e serão registrados através de um instrumento a quantidade de medicamentos utilizados e a presença e intensidade dos seguintes sintomas: tosse, dor de garganta, cefaleia, fadiga, mialgia, secreção, febre medida, obstrução nasal e coriza. Para a mensuração dos sintomas será utilizada uma escala Likert de 5 pontos.\r\n
      O protocolo para o Ensaio Clínico da avaliação da efetividade da Plectranthus amboinicus\r\n
      no combate a sintomas da Síndrome Gripal e IVAS é um primeiro passo importante para a construção da pesquisa. Como se propõe trabalhar com o uso popular já é possível ir para a operacionalização do Ensaio Clínico com a randomização dos grupos operacionalização da pesquisa. Um dos motivos de encontrarmos poucos artigos com o uso popular é porque não apresenta interesse comercial e ainda carece de financiamento público.
      """
    "modalidade" => "Pôster (PO) - Resumo Expandido"
    "area_tematica" => "ET-04: Pesquisa e produção do conhecimento em PICS"
    "palavra_chave" => "PLANTAS MEDICINAIS, INFLUENZA, ENSAIO CLÍNICO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV076_MD4_SA4_ID1606_28082017233635.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:17"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:44:56"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "RICARDO DE SOUSA SOARES"
    "autor_nome_curto" => "RICARDO"
    "autor_email" => "ricardosousasoares@gmail."
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA (UFPB)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-congrepics"
    "edicao_nome" => "Anais CONGREPICS"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/congrepics/2017"
    "edicao_logo" => "5e49f2acd8848_16022020225556.png"
    "edicao_capa" => "5f184a0a424c1_22072020111538.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-18 23:00:00"
    "publicacao_id" => 46
    "publicacao_nome" => "Anais CONGREPICS"
    "publicacao_codigo" => "2594-8334"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 18 de dezembro de 2017

Resumo

A Hortelã-da-folha-grossa, de nome científico Plectranthus amboinicus (Lour.) Spreng, da família Lamiaceae, é uma planta muito utilizada na cultura popular brasileira, e em outros países, para resfriado, asma, constipação, cefaléia, tosse, febre, entre outros sintomas. O objetivo deste artigo é construir um protocolo clínico para a investigação dos efeitos da Hortelã-da-folha-grossa no combate a sintomas na Síndrome Gripal e Infecção de Vias Aéreas Superiores (IVAS), a partir de uma revisão sistemática de literatura. A estruturação de um protocolo para a avaliação da efetividade da hortelã-da-folha-grossa no combate à síndrome gripal e IVAS partiu de duas estratégias: a primeira, a realização de uma revisão sistemática sobre o tema; a segunda estratégia foi construir o protocolo a partir dos dados encontrados na literatura e das análises estatísticas necessárias para a execução da pesquisa. Realizou-se assim uma revisão sistemática no PubMed, Bireme e na Scielo. Foram utilizados os termos ("Plants, Medicinal"[Mesh] OR "Phytotherapy"[Mesh]) AND (“Influenza, Human"[Mesh] OR “Upper respiratory tract infection” [Mesh]) e os correspondentes em português. Encontrou-se 6 artigos que abordaram o uso de plantas medicinais ou fitoterápicos no controle de IVAS.| A proposta de protocolo prevê que todos os pacientes participantes deverão ter síndrome gripal/ IVAS a menos de 36 horas, e terão o tratamento padrão sintomáticos ofertado, como analgésicos/antipiréticos ou descongestionantes, e o grupo randomizado para uso da hortelã terá associado ao tratamento padrão o uso do chá de Hortelã-da-folha-grossa. Todos os pacientes serão acompanhados por 21 dias, e serão registrados através de um instrumento a quantidade de medicamentos utilizados e a presença e intensidade dos seguintes sintomas: tosse, dor de garganta, cefaleia, fadiga, mialgia, secreção, febre medida, obstrução nasal e coriza. Para a mensuração dos sintomas será utilizada uma escala Likert de 5 pontos. O protocolo para o Ensaio Clínico da avaliação da efetividade da Plectranthus amboinicus no combate a sintomas da Síndrome Gripal e IVAS é um primeiro passo importante para a construção da pesquisa. Como se propõe trabalhar com o uso popular já é possível ir para a operacionalização do Ensaio Clínico com a randomização dos grupos operacionalização da pesquisa. Um dos motivos de encontrarmos poucos artigos com o uso popular é porque não apresenta interesse comercial e ainda carece de financiamento público.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Comentários

Por que meu comentário não aparece?
  • MARILENA MOL ROBERTO

    Nilce que perguntou chá bom para ovário chá de folha de algodão é excelente

    26/12/2021 10:05:29
  • MARILENA MOL ROBERTO

    Nilce que perguntou chá bom para ovário chá de folha de algodão é excelente

    26/12/2021 10:05:26
  • MARILENA MOL ROBERTO

    Nilce que perguntou chá bom para ovário chá de folha de algodão é excelente

    26/12/2021 10:05:25
  • MARILENA MOL ROBERTO

    Nilce que perguntou chá bom para ovário chá de folha de algodão é excelente

    26/12/2021 10:05:23
  • Mariana Cristina

    Excelente para vários tipos de enfermidades: gripe etc.

    30/10/2021 17:06:19
  • Marisa Aparecida Vieira Cardoso

    Eu ganhei uma muda do hortelã grosso , e estava a procura para saber realmente qual o nome. Agora achei . Agora preciso saber como usar ?

    09/07/2021 11:24:56
  • Relma Melo Silva

    Muito oportuno o artigo. Estou com tosse há mais ou menos 2meses. Vou ultilizar o chá de hortelã da folha grossa.Grata

    24/06/2021 11:34:14
  • Nilce ferreira dos santos

    Bom dia qual remédio pra abaixar a glicemia e um pra bexiga e útero e ovários

    05/04/2021 10:55:25

Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.