Artigo E-book 1: I CONIMAS e III CONIDIS/2019

E-books

ISBN: 978-65-86901-10-8 

AVICULTURA NO SEMIÁRIDO: PROJEÇÃO DO VOLUME D’ÁGUA CONSUMIDO NA FASE DE ENGORDA

Palavra-chaves: ÁGUA, AVICULTURA, SEMIÁRIDO, , E-book AT 05: Gestão, Qualidade e Acesso às Águas
"2020-06-12 10:48:21"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 64989
    "edicao_id" => 120
    "trabalho_id" => 98
    "inscrito_id" => 1737
    "titulo" => "AVICULTURA NO SEMIÁRIDO: PROJEÇÃO DO VOLUME D’ÁGUA CONSUMIDO NA FASE DE ENGORDA"
    "resumo" => "O MUNICÍPIO DE POCINHOS – PB, NO SEMIÁRIDO BRASILEIRO, REGISTRA PLUVIOMETRIA MÉDIA ANUAL INFERIOR A 400 MM, NÃO DESFRUTA DE RIOS PERENES E POSSUI BAIXA CAPACIDADE DE ARMAZENAMENTO HÍDRICO; AO MESMO TEMPO, DESTACA-SE NO CENÁRIO REGIONAL COMO MAIOR PRODUTOR DE FRANGOS DE CORTE DO ESTADO DA PARAÍBA. A LITERATURA APONTA QUE ESSA CULTURA DEMANDA UM CONSIDERÁVEL VOLUME D’ÁGUA PARA O SEU MANEJO, PRINCIPALMENTE DURANTE A FASE DE ENGORDA. O CONSUMO D’ÁGUA É UM FATOR DE RELEVADA IMPORTÂNCIA, PRINCIPALMENTE EM UMA REGIÃO QUE SOFRE COM A ESCASSEZ HÍDRICA. PODENDO APONTAR A CAPACIDADE DE DESENVOLVIMENTO OU ESTAGNAÇÃO DESSA ATIVIDADE ECONÔMICA EM MUNICÍPIOS DE CLIMA SEMIÁRIDO, EM VIRTUDE DO COLAPSO NA OFERTA DE ÁGUA. ESTE TRABALHO TEM POR OBJETIVO IDENTIFICAR O VOLUME DE ÁGUA CONSUMIDO NA AVICULTURA DE CORTE, DURANTE A FASE DE ENGORDA (CERCA DE 45 DIAS), NO MUNICÍPIO DE POCINHOS – PB. NESTE, BUSCOU-SE RESPONDER A SEGUINTE QUESTÃO: QUAL É O VOLUME HÍDRICO INVESTIDO NA AVICULTORA DE CORTE NO MUNICÍPIO DE POCINHOS – PB? PARA TANTO, FORAM UTILIZADOS OS PROCEDIMENTOS DE PESQUISA DESCRITIVA, CONTEMPLANDO PESQUISA BIBLIOGRÁFICA E DOCUMENTAL, A PARTIR DE DADOS PRIMÁRIOS E SECUNDÁRIOS. LEVOU-SE EM CONSIDERAÇÃO O NÚMERO TOTAL DE AVES REGISTRADO PARA O MUNICÍPIO, O CONSUMO MÉDIO POR ANIMAL O PERÍODO NECESSÁRIO DE ENGORDA. OS RESULTADOS APONTARAM QUE A PROJEÇÃO DO VOLUME DE ÁGUA CONSUMIDO, EM 45 DIAS, EQUIVALE A CERCA DE 15 MIL M3, O EQUIVALENTE A CERCA DE 1.000 CISTERNAS COM CAPACIDADE PARA 16 MIL LITROS CADA. NÚMERO CONSIDERÁVEL PARA UM MUNICÍPIO DO SEMIÁRIDO BRASILEIRO."
    "modalidade" => "E-book"
    "area_tematica" => "AT 05: Gestão, Qualidade e Acesso às Águas"
    "palavra_chave" => "ÁGUA, AVICULTURA, SEMIÁRIDO, , "
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "PROPOSTA_EV133_MD1_ID1737_28102019043809.pdf"
    "created_at" => "2020-06-12 10:50:56"
    "updated_at" => null
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JÚLIO CÉZAR GONÇALVES PÔRTO"
    "autor_nome_curto" => "JÚLIO CÉZAR PÔRTO"
    "autor_email" => "jcgporto@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "e-book-1--i-conimas-e-iii-conidis-2019"
    "edicao_nome" => "E-book 1: I CONIMAS e III CONIDIS/2019"
    "edicao_evento" => "I Congresso Internacional de Meio Ambiente e Sociedade e III Congresso Internacional da Diversidade do Semiárido"
    "edicao_ano" => 2020
    "edicao_pasta" => "ebooks/conimas/2019/ebook1"
    "edicao_logo" => null
    "edicao_capa" => "5efa4df7bde77_29062020172423.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2020-06-12 10:48:21"
    "publicacao_id" => 66
    "publicacao_nome" => "E-book CONIMAS"
    "publicacao_codigo" => null
    "tipo_codigo_id" => 2
    "tipo_codigo_nome" => "ISBN"
    "tipo_publicacao_id" => 2
    "tipo_publicacao_nome" => "E-books"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 64989
    "edicao_id" => 120
    "trabalho_id" => 98
    "inscrito_id" => 1737
    "titulo" => "AVICULTURA NO SEMIÁRIDO: PROJEÇÃO DO VOLUME D’ÁGUA CONSUMIDO NA FASE DE ENGORDA"
    "resumo" => "O MUNICÍPIO DE POCINHOS – PB, NO SEMIÁRIDO BRASILEIRO, REGISTRA PLUVIOMETRIA MÉDIA ANUAL INFERIOR A 400 MM, NÃO DESFRUTA DE RIOS PERENES E POSSUI BAIXA CAPACIDADE DE ARMAZENAMENTO HÍDRICO; AO MESMO TEMPO, DESTACA-SE NO CENÁRIO REGIONAL COMO MAIOR PRODUTOR DE FRANGOS DE CORTE DO ESTADO DA PARAÍBA. A LITERATURA APONTA QUE ESSA CULTURA DEMANDA UM CONSIDERÁVEL VOLUME D’ÁGUA PARA O SEU MANEJO, PRINCIPALMENTE DURANTE A FASE DE ENGORDA. O CONSUMO D’ÁGUA É UM FATOR DE RELEVADA IMPORTÂNCIA, PRINCIPALMENTE EM UMA REGIÃO QUE SOFRE COM A ESCASSEZ HÍDRICA. PODENDO APONTAR A CAPACIDADE DE DESENVOLVIMENTO OU ESTAGNAÇÃO DESSA ATIVIDADE ECONÔMICA EM MUNICÍPIOS DE CLIMA SEMIÁRIDO, EM VIRTUDE DO COLAPSO NA OFERTA DE ÁGUA. ESTE TRABALHO TEM POR OBJETIVO IDENTIFICAR O VOLUME DE ÁGUA CONSUMIDO NA AVICULTURA DE CORTE, DURANTE A FASE DE ENGORDA (CERCA DE 45 DIAS), NO MUNICÍPIO DE POCINHOS – PB. NESTE, BUSCOU-SE RESPONDER A SEGUINTE QUESTÃO: QUAL É O VOLUME HÍDRICO INVESTIDO NA AVICULTORA DE CORTE NO MUNICÍPIO DE POCINHOS – PB? PARA TANTO, FORAM UTILIZADOS OS PROCEDIMENTOS DE PESQUISA DESCRITIVA, CONTEMPLANDO PESQUISA BIBLIOGRÁFICA E DOCUMENTAL, A PARTIR DE DADOS PRIMÁRIOS E SECUNDÁRIOS. LEVOU-SE EM CONSIDERAÇÃO O NÚMERO TOTAL DE AVES REGISTRADO PARA O MUNICÍPIO, O CONSUMO MÉDIO POR ANIMAL O PERÍODO NECESSÁRIO DE ENGORDA. OS RESULTADOS APONTARAM QUE A PROJEÇÃO DO VOLUME DE ÁGUA CONSUMIDO, EM 45 DIAS, EQUIVALE A CERCA DE 15 MIL M3, O EQUIVALENTE A CERCA DE 1.000 CISTERNAS COM CAPACIDADE PARA 16 MIL LITROS CADA. NÚMERO CONSIDERÁVEL PARA UM MUNICÍPIO DO SEMIÁRIDO BRASILEIRO."
    "modalidade" => "E-book"
    "area_tematica" => "AT 05: Gestão, Qualidade e Acesso às Águas"
    "palavra_chave" => "ÁGUA, AVICULTURA, SEMIÁRIDO, , "
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "PROPOSTA_EV133_MD1_ID1737_28102019043809.pdf"
    "created_at" => "2020-06-12 10:50:56"
    "updated_at" => null
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JÚLIO CÉZAR GONÇALVES PÔRTO"
    "autor_nome_curto" => "JÚLIO CÉZAR PÔRTO"
    "autor_email" => "jcgporto@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "e-book-1--i-conimas-e-iii-conidis-2019"
    "edicao_nome" => "E-book 1: I CONIMAS e III CONIDIS/2019"
    "edicao_evento" => "I Congresso Internacional de Meio Ambiente e Sociedade e III Congresso Internacional da Diversidade do Semiárido"
    "edicao_ano" => 2020
    "edicao_pasta" => "ebooks/conimas/2019/ebook1"
    "edicao_logo" => null
    "edicao_capa" => "5efa4df7bde77_29062020172423.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2020-06-12 10:48:21"
    "publicacao_id" => 66
    "publicacao_nome" => "E-book CONIMAS"
    "publicacao_codigo" => null
    "tipo_codigo_id" => 2
    "tipo_codigo_nome" => "ISBN"
    "tipo_publicacao_id" => 2
    "tipo_publicacao_nome" => "E-books"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: array:1 [
    "fkEdicao" => App\Base\Administrativo\Model\Edicao {#1644
      +table: "edicao"
      +timestamps: false
      -periocidade: array:10 [
        0 => "Diária"
        1 => "Semanal"
        2 => "Quinzenal"
        3 => "Mensal"
        4 => "Bimestral"
        5 => "Trimestral"
        6 => "Semestral"
        7 => "Anual"
        8 => "Bienal"
        9 => "Trienal"
      ]
      -idioma: array:3 [
        0 => "Português"
        1 => "Inglês"
        2 => "Espanhol"
      ]
      +fillable: array:23 [
        0 => "publicacao_id"
        1 => "volume"
        2 => "numero"
        3 => "url"
        4 => "nome"
        5 => "nome_evento"
        6 => "descricao"
        7 => "pasta"
        8 => "logo"
        9 => "capa"
        10 => "timbrado"
        11 => "periodicidade"
        12 => "idiomas"
        13 => "pais"
        14 => "inicio_evento"
        15 => "final_evento"
        16 => "ano_publicacao"
        17 => "data_publicacao"
        18 => "autor_corporativo"
        19 => "visualizar_artigo"
        20 => "created_at"
        21 => "updated_at"
        22 => "ativo"
      ]
      #casts: array:24 [
        "id" => "integer"
        "publicacao_id" => "integer"
        "volume" => "integer"
        "numero" => "integer"
        "url" => "string"
        "nome" => "string"
        "nome_evento" => "string"
        "descricao" => "string"
        "pasta" => "string"
        "logo" => "string"
        "capa" => "string"
        "timbrado" => "string"
        "periodicidade" => "string"
        "idiomas" => "string"
        "pais" => "string"
        "inicio_evento" => "date"
        "final_evento" => "date"
        "ano_publicacao" => "integer"
        "data_publicacao" => "date"
        "autor_corporativo" => "string"
        "visualizar_artigo" => "boolean"
        "created_at" => "datetime"
        "updated_at" => "datetime"
        "ativo" => "boolean"
      ]
      #connection: "mysql"
      #primaryKey: "id"
      #keyType: "int"
      +incrementing: true
      #with: []
      #withCount: []
      #perPage: 15
      +exists: true
      +wasRecentlyCreated: false
      #attributes: array:24 [
        "id" => 120
        "publicacao_id" => 66
        "volume" => 1
        "numero" => 1
        "url" => "e-book-1--i-conimas-e-iii-conidis-2019"
        "nome" => "E-book 1: I CONIMAS e III CONIDIS/2019"
        "nome_evento" => "I Congresso Internacional de Meio Ambiente e Sociedade e III Congresso Internacional da Diversidade do Semiárido"
        "descricao" => "Em uma sociedade que vive os efeitos de uma globalização em um sistema capitalista, garantir que haja desenvolvimento e, ao mesmo tempo, preservação ambiental parece uma equação bastante difícil, notadamente se os dialogos forem postos refletindo sobre o consumo. Apesar de parecerem temas antagônicos, faz-se necessário e urgente debater e dialogar sobre as aproximações e distanciamentos existentes entre consumo, desenvolvimento e proteção ambiental com foco na sustentabilidade para que, avaliando as experiências passadas e presentes, possamos ter uma perspectiva global de cenários para as próximas gerações. Este é o foco da primeira Edição do Congresso Internacional de Desenvolvimento, Meio Ambiente e Sustentabilidade e também do III Congresso Internacional da Diversidade do Semiárido, propostos com o objetivo de colocar em contato várias áreas do saber que possam contribuir para uma vida melhor e um ambiente mais equilibrado no cenário atual."
        "pasta" => "ebooks/conimas/2019/ebook1"
        "logo" => null
        "capa" => "5efa4df7bde77_29062020172423.jpg"
        "timbrado" => null
        "periodicidade" => "Anual"
        "idiomas" => "Português"
        "pais" => "Brasil"
        "inicio_evento" => "2019-11-20"
        "final_evento" => "2019-11-22"
        "ano_publicacao" => 2020
        "data_publicacao" => null
        "autor_corporativo" => "Realize Eventos Científicos & Editora"
        "visualizar_artigo" => 1
        "created_at" => "2020-06-12 10:48:21"
        "updated_at" => "2020-06-29 17:24:23"
        "ativo" => 1
      ]
      #original: array:24 [
        "id" => 120
        "publicacao_id" => 66
        "volume" => 1
        "numero" => 1
        "url" => "e-book-1--i-conimas-e-iii-conidis-2019"
        "nome" => "E-book 1: I CONIMAS e III CONIDIS/2019"
        "nome_evento" => "I Congresso Internacional de Meio Ambiente e Sociedade e III Congresso Internacional da Diversidade do Semiárido"
        "descricao" => "Em uma sociedade que vive os efeitos de uma globalização em um sistema capitalista, garantir que haja desenvolvimento e, ao mesmo tempo, preservação ambiental parece uma equação bastante difícil, notadamente se os dialogos forem postos refletindo sobre o consumo. Apesar de parecerem temas antagônicos, faz-se necessário e urgente debater e dialogar sobre as aproximações e distanciamentos existentes entre consumo, desenvolvimento e proteção ambiental com foco na sustentabilidade para que, avaliando as experiências passadas e presentes, possamos ter uma perspectiva global de cenários para as próximas gerações. Este é o foco da primeira Edição do Congresso Internacional de Desenvolvimento, Meio Ambiente e Sustentabilidade e também do III Congresso Internacional da Diversidade do Semiárido, propostos com o objetivo de colocar em contato várias áreas do saber que possam contribuir para uma vida melhor e um ambiente mais equilibrado no cenário atual."
        "pasta" => "ebooks/conimas/2019/ebook1"
        "logo" => null
        "capa" => "5efa4df7bde77_29062020172423.jpg"
        "timbrado" => null
        "periodicidade" => "Anual"
        "idiomas" => "Português"
        "pais" => "Brasil"
        "inicio_evento" => "2019-11-20"
        "final_evento" => "2019-11-22"
        "ano_publicacao" => 2020
        "data_publicacao" => null
        "autor_corporativo" => "Realize Eventos Científicos & Editora"
        "visualizar_artigo" => 1
        "created_at" => "2020-06-12 10:48:21"
        "updated_at" => "2020-06-29 17:24:23"
        "ativo" => 1
      ]
      #changes: []
      #classCastCache: []
      #dates: []
      #dateFormat: null
      #appends: []
      #dispatchesEvents: []
      #observables: []
      #relations: array:1 [
        "fkEdicaoEbook" => Illuminate\Database\Eloquent\Collection {#1642
          #items: array:1 [
            0 => App\Base\Administrativo\Model\EdicaoEbook {#1641
              +table: "edicao_ebook"
              +timestamps: false
              +fillable: array:16 [
                0 => "edicao_id"
                1 => "codigo"
                2 => "capa"
                3 => "titulo"
                4 => "descricao"
                5 => "prefacio"
                6 => "apresentacao"
                7 => "organizadores"
                8 => "conselho_editorial"
                9 => "ficha_catalografica"
                10 => "arquivo"
                11 => "arquivo_alterado"
                12 => "ano_publicacao"
                13 => "created_at"
                14 => "updated_at"
                15 => "ativo"
              ]
              #casts: array:16 [
                "id" => "integer"
                "edicao_id" => "integer"
                "codigo" => "string"
                "capa" => "string"
                "titulo" => "string"
                "prefacio" => "string"
                "apresentacao" => "string"
                "organizadores" => "string"
                "conselho_editorial" => "string"
                "ficha_catalografica" => "string"
                "arquivo" => "string"
                "arquivo_alterado" => "boolean"
                "ano_publicacao" => "integer"
                "created_at" => "datetime"
                "updated_at" => "datetime"
                "ativo" => "boolean"
              ]
              #connection: "mysql"
              #primaryKey: "id"
              #keyType: "int"
              +incrementing: true
              #with: []
              #withCount: []
              #perPage: 15
              +exists: true
              +wasRecentlyCreated: false
              #attributes: array:16 [
                "id" => 49
                "edicao_id" => 120
                "codigo" => "978-65-86901-10-8 "
                "capa" => "5ef5f926d38b1_26062020103326.jpg"
                "titulo" => "Produção científica e alternativas para o Meio Ambiente – Diálogos"
                "prefacio" => """
                  <strong>Livro I &ndash; Produ&ccedil;&atilde;o cient&iacute;fica e alternativas para o Meio Ambiente &ndash; Di&aacute;logos</strong><br />\r\n
                  <br />\r\n
                  &nbsp; &nbsp;Em uma sociedade vivenciando os efeitos de uma globaliza&ccedil;&atilde;o em um sistema capitalista, garantir desenvolvimento e, ao mesmo tempo, preserva&ccedil;&atilde;o ambiental parece uma equa&ccedil;&atilde;o bastante dif&iacute;cil, notadamente se os di&aacute;logos forem postos refletindo sobre o consumo. Apesar de parecerem temas antag&ocirc;nicos, faz-se necess&aacute;rio e urgente debater e dialogar sobre as aproxima&ccedil;&otilde;es e distanciamentos existentes entre consumo, desenvolvimento e prote&ccedil;&atilde;o ambiental com foco na sustentabilidade para que, avaliando as experi&ecirc;ncias passadas e presentes, possamos ter uma perspectiva global de cen&aacute;rios para as pr&oacute;ximas gera&ccedil;&otilde;es. Este foi o foco da para as discuss&otilde;es no Congresso Internacional de Desenvolvimento, Meio Ambiente e Sociedade e tamb&eacute;m no III Congresso Internacional da Diversidade do Semi&aacute;rido, propostos com o objetivo de reunir v&aacute;rias &aacute;reas do conhecimento que possam contribuir para uma vida melhor e um ambiente mais equilibrado no cen&aacute;rio atual.<br />\r\n
                  &nbsp; &nbsp;Apresentamos neste livro uma colet&acirc;nea de textos de alunos de p&oacute;s-gradua&ccedil;&atilde;o strictu sensu e de mestres e doutores avaliados pela comiss&atilde;o cient&iacute;fica do I Congresso Internacional de Meio Ambiente e Sociedade e III Congresso Internacional da Diversidade do Semi&aacute;rido, realizado em Campina Grande, na Para&iacute;ba em novembro de 2019 com tem&aacute;tica &ldquo;Di&aacute;logos entre consumo, desenvolvimento e prote&ccedil;&atilde;o ambiental&rdquo;. Os artigos trazem, de uma forma geral, resultados parciais e finais de pesquisas realizadas no Brasil envolvendo a seara ambiental.&nbsp;<br />\r\n
                  &nbsp; &nbsp;Trata-se de uma obra de car&aacute;ter interdisciplinar abrangendo v&aacute;rias &aacute;reas do conhecimento. Para uma melhor apresenta&ccedil;&atilde;o dos textos dividimos o livro em cinco se&ccedil;&otilde;es tem&aacute;ticas, a saber: Conhecimentos, manejos de esp&eacute;cie e do ambiente da flora: Semi&aacute;rido e Mata Atl&acirc;ntica; Conhecimentos, manejos de esp&eacute;cies e do ambiente da fauna e da flora; Qualidade e usos das &aacute;guas; Avalia&ccedil;&atilde;o da produ&ccedil;&atilde;o e qualidade de alimentos e, por fim, Manejo de res&iacute;duos s&oacute;lidos.&nbsp;<br />\r\n
                  Na primeira se&ccedil;&atilde;o: &ldquo;Conhecimentos, manejos de esp&eacute;cies e do ambiente da flora: Semi&aacute;rido e Mata Atl&acirc;ntica&rdquo; foram abordados os temas: Mangueira Maranh&atilde;o no Serid&oacute; paraibano: hist&oacute;ria, caracter&iacute;sticas bot&acirc;nicas e atributos dos frutos; Diversidade gen&eacute;tica da orqu&iacute;dea end&ecirc;mica e amea&ccedil;ada Cattleya granulosa lindley na Mata Atl&acirc;ntica;&nbsp; Produ&ccedil;&atilde;o de mudas de Myracrodruon urundeuva allem&atilde;o via micropropaga&ccedil;&atilde;o: uma alternativa para conserva&ccedil;&atilde;o da esp&eacute;cie; Contribui&ccedil;&atilde;o de poleiros artificiais no banco de sementes do solo em &aacute;reas em restaura&ccedil;&atilde;o na Caatinga; Cobertura vegetal urbana: perspectivas para a conserva&ccedil;&atilde;o ex situ; Estrutura da comunidade meiofaun&iacute;stica ap&oacute;s longo per&iacute;odo de estiagem em uma regi&atilde;o semi&aacute;rida; Biodiversidade de algas e cianobact&eacute;rias no semi&aacute;rido paraibano; Distribui&ccedil;&atilde;o espacial e temporal da comunidade fitoplanct&ocirc;nica na bacia do rio Para&iacute;ba e sua rela&ccedil;&atilde;o com o estado tr&oacute;fico; Mapeamento da temperatura da superf&iacute;cie e do &iacute;ndice de vegeta&ccedil;&atilde;o em anos de el ni&ntilde;o/la ni&ntilde;a no munic&iacute;pio de Coremas-PB, Manejo de cact&aacute;ceas ornamentais para a produ&ccedil;&atilde;o de emprego e renda e, por fim, &nbsp;Fisiologia e crescimento da alface cultivada em distintos ambientes no semi&aacute;rido brasileiro.<br />\r\n
                  &nbsp; &nbsp;Na segunda se&ccedil;&atilde;o: &ldquo;Conhecimentos, manejos de esp&eacute;cies e do ambiente da flora&rdquo;, os temas abordados foram: &nbsp;Efeito de bioestimulante em cultivares de feijoeiro nas condi&ccedil;&otilde;es do sudoeste goiano; Manejo nutricional com fertilizante organomineral na cultura da soja para altos rendimentos; Sement&aacute;rio de esp&eacute;cies de adubos verdes do campus IV da Universidade Estadual da Para&iacute;ba; Rela&ccedil;&otilde;es de causa e efeito, abordagem multivariada para inocula&ccedil;&atilde;o de Azospirillum brasilense no milho; Modelos multivariados e can&ocirc;nicos aplicado ao milho: benef&iacute;cios da aduba&ccedil;&atilde;o verde com Vigna unguiculata; Viabilidade econ&ocirc;mica determinada em tr&ecirc;s cultivares da alface crespa cultivadas em sistema hidrop&ocirc;nico com diferentes n&iacute;veis de salinidade; Caracter&iacute;sticas e aplica&ccedil;&otilde;es sustent&aacute;veis do sisal e de seus derivados; Novo paradigma da sustentabilidade da piscicultura em a&ccedil;udes do Nordeste brasileiro; Re&uacute;so de efluente da piscicultura como fertirriga&ccedil;&atilde;o na produ&ccedil;&atilde;o de mudas: uma revis&atilde;o de literaturae, por fim, Conserva&ccedil;&atilde;o de Panthera onca (linnaeus, 1758) no brasil: desafios, comportamento e vulnerabilidade.<br />\r\n
                  &nbsp; &nbsp;A terceira se&ccedil;&atilde;o do livro abordou a &ldquo;Qualidade e usos das &aacute;guas&rdquo;. Os textos que a comp&otilde;em s&atilde;o: Avalia&ccedil;&atilde;o da evapotranspira&ccedil;&atilde;o de refer&ecirc;ncia em regi&atilde;o semi&aacute;rida da Para&iacute;ba, Brasil; Qualidade microbiol&oacute;gica da &aacute;gua do Riacho do Meio, Unidade de Conserva&ccedil;&atilde;o Parque Estadual Mata do Xem-x&eacute;m, Bayeux/PB; Mapeamento e delimita&ccedil;&atilde;o dos sistemas ambientais do munic&iacute;pio de Maranguape &ndash; CE; Seletividade de espuma porosa hidrof&oacute;bica de poliuretano &agrave; base de &oacute;leo de mamona para remo&ccedil;&atilde;o de contaminantes em meio aqu&aacute;tico; Avalia&ccedil;&atilde;o da degrada&ccedil;&atilde;o da qualidade da &aacute;gua dos corpos h&iacute;dricos do estado Para&iacute;ba e identifica&ccedil;&atilde;o de fatores causadores; Avalia&ccedil;&atilde;o comparativa de agentes coagulantes qu&iacute;mico e natural no tratamento do efluente da lavagem de ve&iacute;culos no munic&iacute;pio de Sum&eacute; - PB; Condi&ccedil;&otilde;es hidroclim&aacute;ticas das &aacute;reas de nascentes do alto curso da sub-bacia hidrogr&aacute;fica do rio Figueiredo/Cear&aacute;/Brasil; Influ&ecirc;ncia da seca nas vari&aacute;veis f&iacute;sicas, qu&iacute;micas e biol&oacute;gica em reservat&oacute;rio do semi&aacute;rido brasileiro; Simula&ccedil;&atilde;o de redes de abastecimento de &aacute;gua utilizando o EPANET 2.0; Filtra&ccedil;&atilde;o direta descendente: conceito, caracter&iacute;sticas e aplica&ccedil;&otilde;es no tratamento de &aacute;gua; Potencialidades e obst&aacute;culos das pr&aacute;ticas de saneamento b&aacute;sico e ecol&oacute;gico. Outra racionalidade &eacute; poss&iacute;vel?; Avalia&ccedil;&atilde;o do poder adortivo da vagem do feij&atilde;o (Phaseolus vulgaris l.) em corpos d&rsquo;&aacute;gua contaminados com gasolina, utilizando a t&eacute;cnica de adsor&ccedil;&atilde;o; An&aacute;lise das condi&ccedil;&otilde;es de balneabilidade nas praias do munic&iacute;pio de Natal/RN: estudo de caso nas praias do Forte e Redinha no per&iacute;odo de 2010 a 2016; Uma revis&atilde;o sobre a efici&ecirc;ncia dos coagulantes naturais comparado aos coagulantes qu&iacute;micos na remo&ccedil;&atilde;o de cor e turbidez presentes em &aacute;guas superficiais; Ferramenta baseada em t&eacute;cnicas de aprendizado de m&aacute;quinas: quais os avan&ccedil;os para reabilita&ccedil;&atilde;o de ecossistemas aqu&aacute;ticos?; Avicultura no semi&aacute;rido: proje&ccedil;&atilde;o do volume d&rsquo;&aacute;gua consumido na fase de engorda; Simbiose industrial para os res&iacute;duos gerados na produ&ccedil;&atilde;o de cacha&ccedil;a e, por fim, Avalia&ccedil;&atilde;o do potencial de degrada&ccedil;&atilde;o do petr&oacute;leo por micro-organismos para recupera&ccedil;&atilde;o de ambientes impactados.<br />\r\n
                  &nbsp;&nbsp; &nbsp;A quarta se&ccedil;&atilde;o do livro traz textos tratando da &ldquo;Avalia&ccedil;&atilde;o da produ&ccedil;&atilde;o e qualidade de alimentos&rdquo;: Uso de forragens conservadas no sistema de produ&ccedil;&atilde;o de leite; Microbiologia de queijo tipo coalho produzido com leite pasteurizado recoberto com cobertura a base de f&eacute;cula de mandioca e sorbitol; Embalagens ativas na conserva&ccedil;&atilde;o de queijo coalho: uma abordagem bibliogr&aacute;fica; Microbiologia em aves e ovos; Inova&ccedil;&otilde;es e atualidades em tecnologia de embalagens para alimentos: uma revis&atilde;o; Subst&acirc;ncias bioativas como conservantes naturais em alimentos; Estudo farmacol&oacute;gico e toxicol&oacute;gico de um candidato &agrave; f&aacute;rmaco derivado da d-glicose e, por &nbsp;fim, Monitoramento das aplica&ccedil;&otilde;es tecnol&oacute;gicas da enzima acetilcolinesterase obtidas na plataforma patentinspiration.<br />\r\n
                  &nbsp;&nbsp; &nbsp;A quinta e &uacute;ltima se&ccedil;&atilde;o deste livro trouxe quatro artigos discutindo &ldquo;Manejo de res&iacute;duos s&oacute;lidos&rdquo;. S&atilde;o: Tecnologia de biodigestores de res&iacute;duos s&oacute;lidos org&acirc;nicos; An&aacute;lise t&eacute;cnica do aproveitamento dos res&iacute;duos polim&eacute;ricos no setor de pavimenta&ccedil;&atilde;o rodovi&aacute;ria,&nbsp;Estudo da modifica&ccedil;&atilde;o qu&iacute;mica de bentonitas para uso em nanocomp&oacute;sitos polim&eacute;ricos. e, por fim,&nbsp;An&aacute;lise do plano emergencial de abastecimento de &aacute;gua em S&atilde;o Jos&eacute; de Piranhas-PB por diferentes metodologias.<br />\r\n
                  &nbsp;&nbsp; &nbsp;Agradecemos &agrave; EDUEPB pela importante e significativa parceria que viabilizou a publica&ccedil;&atilde;o desse livro, possibilitando dessa forma o maior acesso a parte das discuss&otilde;es realizadas no Congresso Internacional de Desenvolvimento, Meio Ambiente e Sociedade e tamb&eacute;m no III Congresso Internacional da Diversidade do Semi&aacute;rido, a partir dos textos que ora s&atilde;o disponibilizados.<br />\r\n
                  &nbsp;&nbsp; &nbsp;&Agrave; voc&ecirc;, leitor, deixamos a provoca&ccedil;&atilde;o para mergulhar nas p&aacute;ginas seguintes e conhecer um pouco do que foi discutido sobre os temas ao longo do evento, e tamb&eacute;m sobre o que tem sido produzido nas academias e institui&ccedil;&otilde;es de pesquisa brasileiras. Que a leitura seja leve e proveitosa!<br />\r\n
                  <br />\r\n
                  <strong>Cristian Jos&eacute; Sim&otilde;es Costa<br />\r\n
                  Edson Hely Silva<br />\r\n
                  Rozeane Albuquerque Lima</strong>
                  """
                "apresentacao" => null
                "organizadores" => """
                  Cidoval Morais de Sousa&nbsp;<br />\r\n
                  Cristian Jos&eacute; Sim&otilde;es Costa&nbsp;<br />\r\n
                  Edson Hely Silva&nbsp;<br />\r\n
                  Rozeane Albuquerque Lima
                  """
                "conselho_editorial" => """
                  Cidoval Morais de Sousa&nbsp;<br />\r\n
                  Cristian Jos&eacute; Sim&otilde;es Costa&nbsp;<br />\r\n
                  Edson Hely Silva&nbsp;<br />\r\n
                  Rozeane Albuquerque Lima
                  """
                "ficha_catalografica" => "5efb7049cb921_30062020140305.pdf"
                "arquivo" => "150720201506_E-BOOK-1--I-CONIMAS-E-III-CONIDIS-2019.pdf"
                "arquivo_alterado" => 0
                "ano_publicacao" => 2020
                "created_at" => "2020-06-15 12:59:35"
                "updated_at" => "2020-07-15 15:31:09"
                "ativo" => 1
              ]
              #original: array:16 [
                "id" => 49
                "edicao_id" => 120
                "codigo" => "978-65-86901-10-8 "
                "capa" => "5ef5f926d38b1_26062020103326.jpg"
                "titulo" => "Produção científica e alternativas para o Meio Ambiente – Diálogos"
                "prefacio" => """
                  <strong>Livro I &ndash; Produ&ccedil;&atilde;o cient&iacute;fica e alternativas para o Meio Ambiente &ndash; Di&aacute;logos</strong><br />\r\n
                  <br />\r\n
                  &nbsp; &nbsp;Em uma sociedade vivenciando os efeitos de uma globaliza&ccedil;&atilde;o em um sistema capitalista, garantir desenvolvimento e, ao mesmo tempo, preserva&ccedil;&atilde;o ambiental parece uma equa&ccedil;&atilde;o bastante dif&iacute;cil, notadamente se os di&aacute;logos forem postos refletindo sobre o consumo. Apesar de parecerem temas antag&ocirc;nicos, faz-se necess&aacute;rio e urgente debater e dialogar sobre as aproxima&ccedil;&otilde;es e distanciamentos existentes entre consumo, desenvolvimento e prote&ccedil;&atilde;o ambiental com foco na sustentabilidade para que, avaliando as experi&ecirc;ncias passadas e presentes, possamos ter uma perspectiva global de cen&aacute;rios para as pr&oacute;ximas gera&ccedil;&otilde;es. Este foi o foco da para as discuss&otilde;es no Congresso Internacional de Desenvolvimento, Meio Ambiente e Sociedade e tamb&eacute;m no III Congresso Internacional da Diversidade do Semi&aacute;rido, propostos com o objetivo de reunir v&aacute;rias &aacute;reas do conhecimento que possam contribuir para uma vida melhor e um ambiente mais equilibrado no cen&aacute;rio atual.<br />\r\n
                  &nbsp; &nbsp;Apresentamos neste livro uma colet&acirc;nea de textos de alunos de p&oacute;s-gradua&ccedil;&atilde;o strictu sensu e de mestres e doutores avaliados pela comiss&atilde;o cient&iacute;fica do I Congresso Internacional de Meio Ambiente e Sociedade e III Congresso Internacional da Diversidade do Semi&aacute;rido, realizado em Campina Grande, na Para&iacute;ba em novembro de 2019 com tem&aacute;tica &ldquo;Di&aacute;logos entre consumo, desenvolvimento e prote&ccedil;&atilde;o ambiental&rdquo;. Os artigos trazem, de uma forma geral, resultados parciais e finais de pesquisas realizadas no Brasil envolvendo a seara ambiental.&nbsp;<br />\r\n
                  &nbsp; &nbsp;Trata-se de uma obra de car&aacute;ter interdisciplinar abrangendo v&aacute;rias &aacute;reas do conhecimento. Para uma melhor apresenta&ccedil;&atilde;o dos textos dividimos o livro em cinco se&ccedil;&otilde;es tem&aacute;ticas, a saber: Conhecimentos, manejos de esp&eacute;cie e do ambiente da flora: Semi&aacute;rido e Mata Atl&acirc;ntica; Conhecimentos, manejos de esp&eacute;cies e do ambiente da fauna e da flora; Qualidade e usos das &aacute;guas; Avalia&ccedil;&atilde;o da produ&ccedil;&atilde;o e qualidade de alimentos e, por fim, Manejo de res&iacute;duos s&oacute;lidos.&nbsp;<br />\r\n
                  Na primeira se&ccedil;&atilde;o: &ldquo;Conhecimentos, manejos de esp&eacute;cies e do ambiente da flora: Semi&aacute;rido e Mata Atl&acirc;ntica&rdquo; foram abordados os temas: Mangueira Maranh&atilde;o no Serid&oacute; paraibano: hist&oacute;ria, caracter&iacute;sticas bot&acirc;nicas e atributos dos frutos; Diversidade gen&eacute;tica da orqu&iacute;dea end&ecirc;mica e amea&ccedil;ada Cattleya granulosa lindley na Mata Atl&acirc;ntica;&nbsp; Produ&ccedil;&atilde;o de mudas de Myracrodruon urundeuva allem&atilde;o via micropropaga&ccedil;&atilde;o: uma alternativa para conserva&ccedil;&atilde;o da esp&eacute;cie; Contribui&ccedil;&atilde;o de poleiros artificiais no banco de sementes do solo em &aacute;reas em restaura&ccedil;&atilde;o na Caatinga; Cobertura vegetal urbana: perspectivas para a conserva&ccedil;&atilde;o ex situ; Estrutura da comunidade meiofaun&iacute;stica ap&oacute;s longo per&iacute;odo de estiagem em uma regi&atilde;o semi&aacute;rida; Biodiversidade de algas e cianobact&eacute;rias no semi&aacute;rido paraibano; Distribui&ccedil;&atilde;o espacial e temporal da comunidade fitoplanct&ocirc;nica na bacia do rio Para&iacute;ba e sua rela&ccedil;&atilde;o com o estado tr&oacute;fico; Mapeamento da temperatura da superf&iacute;cie e do &iacute;ndice de vegeta&ccedil;&atilde;o em anos de el ni&ntilde;o/la ni&ntilde;a no munic&iacute;pio de Coremas-PB, Manejo de cact&aacute;ceas ornamentais para a produ&ccedil;&atilde;o de emprego e renda e, por fim, &nbsp;Fisiologia e crescimento da alface cultivada em distintos ambientes no semi&aacute;rido brasileiro.<br />\r\n
                  &nbsp; &nbsp;Na segunda se&ccedil;&atilde;o: &ldquo;Conhecimentos, manejos de esp&eacute;cies e do ambiente da flora&rdquo;, os temas abordados foram: &nbsp;Efeito de bioestimulante em cultivares de feijoeiro nas condi&ccedil;&otilde;es do sudoeste goiano; Manejo nutricional com fertilizante organomineral na cultura da soja para altos rendimentos; Sement&aacute;rio de esp&eacute;cies de adubos verdes do campus IV da Universidade Estadual da Para&iacute;ba; Rela&ccedil;&otilde;es de causa e efeito, abordagem multivariada para inocula&ccedil;&atilde;o de Azospirillum brasilense no milho; Modelos multivariados e can&ocirc;nicos aplicado ao milho: benef&iacute;cios da aduba&ccedil;&atilde;o verde com Vigna unguiculata; Viabilidade econ&ocirc;mica determinada em tr&ecirc;s cultivares da alface crespa cultivadas em sistema hidrop&ocirc;nico com diferentes n&iacute;veis de salinidade; Caracter&iacute;sticas e aplica&ccedil;&otilde;es sustent&aacute;veis do sisal e de seus derivados; Novo paradigma da sustentabilidade da piscicultura em a&ccedil;udes do Nordeste brasileiro; Re&uacute;so de efluente da piscicultura como fertirriga&ccedil;&atilde;o na produ&ccedil;&atilde;o de mudas: uma revis&atilde;o de literaturae, por fim, Conserva&ccedil;&atilde;o de Panthera onca (linnaeus, 1758) no brasil: desafios, comportamento e vulnerabilidade.<br />\r\n
                  &nbsp; &nbsp;A terceira se&ccedil;&atilde;o do livro abordou a &ldquo;Qualidade e usos das &aacute;guas&rdquo;. Os textos que a comp&otilde;em s&atilde;o: Avalia&ccedil;&atilde;o da evapotranspira&ccedil;&atilde;o de refer&ecirc;ncia em regi&atilde;o semi&aacute;rida da Para&iacute;ba, Brasil; Qualidade microbiol&oacute;gica da &aacute;gua do Riacho do Meio, Unidade de Conserva&ccedil;&atilde;o Parque Estadual Mata do Xem-x&eacute;m, Bayeux/PB; Mapeamento e delimita&ccedil;&atilde;o dos sistemas ambientais do munic&iacute;pio de Maranguape &ndash; CE; Seletividade de espuma porosa hidrof&oacute;bica de poliuretano &agrave; base de &oacute;leo de mamona para remo&ccedil;&atilde;o de contaminantes em meio aqu&aacute;tico; Avalia&ccedil;&atilde;o da degrada&ccedil;&atilde;o da qualidade da &aacute;gua dos corpos h&iacute;dricos do estado Para&iacute;ba e identifica&ccedil;&atilde;o de fatores causadores; Avalia&ccedil;&atilde;o comparativa de agentes coagulantes qu&iacute;mico e natural no tratamento do efluente da lavagem de ve&iacute;culos no munic&iacute;pio de Sum&eacute; - PB; Condi&ccedil;&otilde;es hidroclim&aacute;ticas das &aacute;reas de nascentes do alto curso da sub-bacia hidrogr&aacute;fica do rio Figueiredo/Cear&aacute;/Brasil; Influ&ecirc;ncia da seca nas vari&aacute;veis f&iacute;sicas, qu&iacute;micas e biol&oacute;gica em reservat&oacute;rio do semi&aacute;rido brasileiro; Simula&ccedil;&atilde;o de redes de abastecimento de &aacute;gua utilizando o EPANET 2.0; Filtra&ccedil;&atilde;o direta descendente: conceito, caracter&iacute;sticas e aplica&ccedil;&otilde;es no tratamento de &aacute;gua; Potencialidades e obst&aacute;culos das pr&aacute;ticas de saneamento b&aacute;sico e ecol&oacute;gico. Outra racionalidade &eacute; poss&iacute;vel?; Avalia&ccedil;&atilde;o do poder adortivo da vagem do feij&atilde;o (Phaseolus vulgaris l.) em corpos d&rsquo;&aacute;gua contaminados com gasolina, utilizando a t&eacute;cnica de adsor&ccedil;&atilde;o; An&aacute;lise das condi&ccedil;&otilde;es de balneabilidade nas praias do munic&iacute;pio de Natal/RN: estudo de caso nas praias do Forte e Redinha no per&iacute;odo de 2010 a 2016; Uma revis&atilde;o sobre a efici&ecirc;ncia dos coagulantes naturais comparado aos coagulantes qu&iacute;micos na remo&ccedil;&atilde;o de cor e turbidez presentes em &aacute;guas superficiais; Ferramenta baseada em t&eacute;cnicas de aprendizado de m&aacute;quinas: quais os avan&ccedil;os para reabilita&ccedil;&atilde;o de ecossistemas aqu&aacute;ticos?; Avicultura no semi&aacute;rido: proje&ccedil;&atilde;o do volume d&rsquo;&aacute;gua consumido na fase de engorda; Simbiose industrial para os res&iacute;duos gerados na produ&ccedil;&atilde;o de cacha&ccedil;a e, por fim, Avalia&ccedil;&atilde;o do potencial de degrada&ccedil;&atilde;o do petr&oacute;leo por micro-organismos para recupera&ccedil;&atilde;o de ambientes impactados.<br />\r\n
                  &nbsp;&nbsp; &nbsp;A quarta se&ccedil;&atilde;o do livro traz textos tratando da &ldquo;Avalia&ccedil;&atilde;o da produ&ccedil;&atilde;o e qualidade de alimentos&rdquo;: Uso de forragens conservadas no sistema de produ&ccedil;&atilde;o de leite; Microbiologia de queijo tipo coalho produzido com leite pasteurizado recoberto com cobertura a base de f&eacute;cula de mandioca e sorbitol; Embalagens ativas na conserva&ccedil;&atilde;o de queijo coalho: uma abordagem bibliogr&aacute;fica; Microbiologia em aves e ovos; Inova&ccedil;&otilde;es e atualidades em tecnologia de embalagens para alimentos: uma revis&atilde;o; Subst&acirc;ncias bioativas como conservantes naturais em alimentos; Estudo farmacol&oacute;gico e toxicol&oacute;gico de um candidato &agrave; f&aacute;rmaco derivado da d-glicose e, por &nbsp;fim, Monitoramento das aplica&ccedil;&otilde;es tecnol&oacute;gicas da enzima acetilcolinesterase obtidas na plataforma patentinspiration.<br />\r\n
                  &nbsp;&nbsp; &nbsp;A quinta e &uacute;ltima se&ccedil;&atilde;o deste livro trouxe quatro artigos discutindo &ldquo;Manejo de res&iacute;duos s&oacute;lidos&rdquo;. S&atilde;o: Tecnologia de biodigestores de res&iacute;duos s&oacute;lidos org&acirc;nicos; An&aacute;lise t&eacute;cnica do aproveitamento dos res&iacute;duos polim&eacute;ricos no setor de pavimenta&ccedil;&atilde;o rodovi&aacute;ria,&nbsp;Estudo da modifica&ccedil;&atilde;o qu&iacute;mica de bentonitas para uso em nanocomp&oacute;sitos polim&eacute;ricos. e, por fim,&nbsp;An&aacute;lise do plano emergencial de abastecimento de &aacute;gua em S&atilde;o Jos&eacute; de Piranhas-PB por diferentes metodologias.<br />\r\n
                  &nbsp;&nbsp; &nbsp;Agradecemos &agrave; EDUEPB pela importante e significativa parceria que viabilizou a publica&ccedil;&atilde;o desse livro, possibilitando dessa forma o maior acesso a parte das discuss&otilde;es realizadas no Congresso Internacional de Desenvolvimento, Meio Ambiente e Sociedade e tamb&eacute;m no III Congresso Internacional da Diversidade do Semi&aacute;rido, a partir dos textos que ora s&atilde;o disponibilizados.<br />\r\n
                  &nbsp;&nbsp; &nbsp;&Agrave; voc&ecirc;, leitor, deixamos a provoca&ccedil;&atilde;o para mergulhar nas p&aacute;ginas seguintes e conhecer um pouco do que foi discutido sobre os temas ao longo do evento, e tamb&eacute;m sobre o que tem sido produzido nas academias e institui&ccedil;&otilde;es de pesquisa brasileiras. Que a leitura seja leve e proveitosa!<br />\r\n
                  <br />\r\n
                  <strong>Cristian Jos&eacute; Sim&otilde;es Costa<br />\r\n
                  Edson Hely Silva<br />\r\n
                  Rozeane Albuquerque Lima</strong>
                  """
                "apresentacao" => null
                "organizadores" => """
                  Cidoval Morais de Sousa&nbsp;<br />\r\n
                  Cristian Jos&eacute; Sim&otilde;es Costa&nbsp;<br />\r\n
                  Edson Hely Silva&nbsp;<br />\r\n
                  Rozeane Albuquerque Lima
                  """
                "conselho_editorial" => """
                  Cidoval Morais de Sousa&nbsp;<br />\r\n
                  Cristian Jos&eacute; Sim&otilde;es Costa&nbsp;<br />\r\n
                  Edson Hely Silva&nbsp;<br />\r\n
                  Rozeane Albuquerque Lima
                  """
                "ficha_catalografica" => "5efb7049cb921_30062020140305.pdf"
                "arquivo" => "150720201506_E-BOOK-1--I-CONIMAS-E-III-CONIDIS-2019.pdf"
                "arquivo_alterado" => 0
                "ano_publicacao" => 2020
                "created_at" => "2020-06-15 12:59:35"
                "updated_at" => "2020-07-15 15:31:09"
                "ativo" => 1
              ]
              #changes: []
              #classCastCache: []
              #dates: []
              #dateFormat: null
              #appends: []
              #dispatchesEvents: []
              #observables: []
              #relations: []
              #touches: []
              #hidden: []
              #visible: []
              #guarded: array:1 [
                0 => "*"
              ]
            }
          ]
        }
      ]
      #touches: []
      #hidden: []
      #visible: []
      #guarded: array:1 [
        0 => "*"
      ]
    }
  ]
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 12 de junho de 2020

Resumo

O MUNICÍPIO DE POCINHOS – PB, NO SEMIÁRIDO BRASILEIRO, REGISTRA PLUVIOMETRIA MÉDIA ANUAL INFERIOR A 400 MM, NÃO DESFRUTA DE RIOS PERENES E POSSUI BAIXA CAPACIDADE DE ARMAZENAMENTO HÍDRICO; AO MESMO TEMPO, DESTACA-SE NO CENÁRIO REGIONAL COMO MAIOR PRODUTOR DE FRANGOS DE CORTE DO ESTADO DA PARAÍBA. A LITERATURA APONTA QUE ESSA CULTURA DEMANDA UM CONSIDERÁVEL VOLUME D’ÁGUA PARA O SEU MANEJO, PRINCIPALMENTE DURANTE A FASE DE ENGORDA. O CONSUMO D’ÁGUA É UM FATOR DE RELEVADA IMPORTÂNCIA, PRINCIPALMENTE EM UMA REGIÃO QUE SOFRE COM A ESCASSEZ HÍDRICA. PODENDO APONTAR A CAPACIDADE DE DESENVOLVIMENTO OU ESTAGNAÇÃO DESSA ATIVIDADE ECONÔMICA EM MUNICÍPIOS DE CLIMA SEMIÁRIDO, EM VIRTUDE DO COLAPSO NA OFERTA DE ÁGUA. ESTE TRABALHO TEM POR OBJETIVO IDENTIFICAR O VOLUME DE ÁGUA CONSUMIDO NA AVICULTURA DE CORTE, DURANTE A FASE DE ENGORDA (CERCA DE 45 DIAS), NO MUNICÍPIO DE POCINHOS – PB. NESTE, BUSCOU-SE RESPONDER A SEGUINTE QUESTÃO: QUAL É O VOLUME HÍDRICO INVESTIDO NA AVICULTORA DE CORTE NO MUNICÍPIO DE POCINHOS – PB? PARA TANTO, FORAM UTILIZADOS OS PROCEDIMENTOS DE PESQUISA DESCRITIVA, CONTEMPLANDO PESQUISA BIBLIOGRÁFICA E DOCUMENTAL, A PARTIR DE DADOS PRIMÁRIOS E SECUNDÁRIOS. LEVOU-SE EM CONSIDERAÇÃO O NÚMERO TOTAL DE AVES REGISTRADO PARA O MUNICÍPIO, O CONSUMO MÉDIO POR ANIMAL O PERÍODO NECESSÁRIO DE ENGORDA. OS RESULTADOS APONTARAM QUE A PROJEÇÃO DO VOLUME DE ÁGUA CONSUMIDO, EM 45 DIAS, EQUIVALE A CERCA DE 15 MIL M3, O EQUIVALENTE A CERCA DE 1.000 CISTERNAS COM CAPACIDADE PARA 16 MIL LITROS CADA. NÚMERO CONSIDERÁVEL PARA UM MUNICÍPIO DO SEMIÁRIDO BRASILEIRO.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.